BC italiano diz que estabilidade financeira é meta fundamental

O presidente do Banco da Itália, Ignazio Visco, afirmou que a crise global dos bancos provou que os agentes financeiros não poderiam, de forma adequada, gerenciar os riscos iminentes sozinhos

Comentar
Compartilhar
08 MAR 201320h49

A estabilidade financeira é agora uma "meta fundamental" para a política econômica e requer que os bancos centrais assumam novos papéis, disse o presidente do Banco da Itália, Ignazio Visco, acrescentando que é necessário deixar para trás alguns modelos excessivamente estatísticos.

Visco afirmou que a crise global dos bancos provou que os agentes financeiros não poderiam, de forma adequada, gerenciar os riscos iminentes sozinhos. Segundo ele, supor que o setor financeiro poderia autorregular-se foi um "erro regulatório fatal".

A autoridade defende que os bancos centrais passem a usar novos modelos, porque muitos dos que eram usados anteriormente foram "derrubados" pelos acontecimentos. Ele cita como exemplo a adoção do Modelo Dinâmico Estocástico de Equilíbrio Geral, usado para sustentar previsões econômicas. Segundo Visco, tal parâmetro incorre em erros porque supõe que o mundo não muda. "Os reais formadores de preços das ações mudam o tempo todo", disse. As informações são da Dow Jones.