Avenidas do Guarujá serão asfaltadas

As principais avenidas e ruas da Cidade receberão 300 toneladas de asfalto, anunciou a Prefeitura

Comentar
Compartilhar
24 NOV 201310h42

A Prefeitura de Guarujá retomou os serviços de tapa buracos nas principais ruas e avenidas da Cidade que, devido às chuvas e a interdição da Usina de Asfalto, encontravam- se com o pavimento fortemente deteriorado em diversos trechos.

O serviço de tapa buracos é coordenado pela Secretaria de Operações Urbanas e começou na Avenida Adhemar de Barros, a partir do cruzamento da Caixa Econômica Federal, no sentido Ferry-Boat. Depois, foi a vez da Avenida Santos Dumont, no trecho entre o Paço Municipal Raphael Vitiello e a Praça 14 Bis.

É importante lembrar que a retomada deste serviço só foi possível graças a colaboração de empresas parceiras da Prefeitura, que cederam ao Município pouco mais de 300 toneladas de massa asfáltica, e ao trabalho da equipe técnica da Secretaria de Operações Urbanas que permitiu ao Município contratar os caminhões térmicos e o pessoal habilitado para realizar o serviço de tapa buracos com massa quente, que possui maior durabilidade.

A prioridade da Administração será a recuperação da malha viária de avenidas que possuem grande fluxo de veículos e são corredores de transporte coletivo, como, por exemplo, as avenidas Dom Pedro I, Santos Dumont e Adhemar de Barros, mas os trabalhos não ficarão restritos a isso.

AV . Adhemar de Barros foi a primeira a receber melhorias (Foto: Luiz Torres/DL)

Já na próxima semana o Município irá iniciar a concorrência pública para a contratação de dois veículos especializados no serviço de tapa buracos com massa fria, destinado a atuar nos bairros de toda a Cidade. Cada caminhão dos que serão contratados pela Prefeitura terá capacidade para fechar, em média, 120 buracos por dia.

A iniciativa vem ao encontro dos anseios de dezenas de munícipes que, diariamente, ocupam as redes sociais com reclamações relacionadas aos problemas causados pelo excesso de buracos.

A Reportagem já constatou que em praticamente quase todas as vias públicas, em bairros como Centro, na Enseada, Jardim Helena Maria, Santa Rosa, Santo Antônio e outros, os buracos se tornaram verdadeiras armadilhas, causando prejuízos a dezenas de motoristas, principalmente nos dias de chuvas.