Acessos em banda larga ultrapassam 140 milhões em fevereiro

Desse total, 1,8 milhão são de acessos de quarta geração (4G), cujas redes já estão em 99 cidades brasileiras, onde moram 36% da população

Comentar
Compartilhar
27 MAR 201419h18

Os acessos em banda larga no Brasil totalizaram 140,4 milhões em fevereiro, segundo levantamento da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). Os dados do balanço de fevereiro deste ano mostram um crescimento de 50% frente a fevereiro de 2013. Nos últimos doze meses, 46,9 milhões de novos acessos foram ativados, num ritmo de ativação de 1,5 nova conexão por segundo.

A banda larga móvel, pelas redes de 3G e 4G, liderou a expansão dos acessos à internet, chegando em fevereiro a 118 milhões de conexões, com 62% de crescimento em relação a fevereiro de 2013. Na banda larga móvel,  102,8 milhões são de conexões de celulares, incluindo os smartphones, e 15,2 milhões são terminais de dados, entre eles modems de acesso à internet e chips de conexão máquina-máquina (M2M).

Na banda larga fixa, os acessos somaram 22,4 milhões em fevereiro. Desse total, 1,6 milhão de conexões foram ativadas nos últimos doze meses, com crescimento de 11% no período. A quantidade de acessos em banda larga fixa significa que 39% dos domicílios brasileiros urbanos têm internet de alta velocidade. A infraestrutura de banda larga fixa está presente em todos os municípios brasileiros. É por meio dessas redes que as concessionárias atendem com banda larga gratuita a mais de 66 mil instituições públicas de ensino fundamental e médio, pelo programa Banda Larga nas Escolas.

Os acessos em banda larga no Brasil totalizaram 140,4 milhões em fevereiro (Foto: Divulgação)

A expansão também se deu na cobertura das redes de banda larga móvel, ativada em 185 novos municípios nos últimos doze meses. Ao todo, as redes de terceira geração estão instaladas em 3.500  municípios, onde moram 90% dos brasileiros. A tecnologia de quarta geração, que permite velocidade de conexão à internet até dez vezes mais rápida que a 3G, já conta com 1,82 milhão de acessos. O 4G já chega a 99 cidades, que concentram 36% da população brasileira.

Velocidade – O desempenho da velocidade do 4G no Brasil tem sido evidenciado em comparação com outros países que também usam os serviços de quarta geração. Segundo o estudo State of LTE, feito pela consultoria OpenSignal, a internet 4G do Brasil é a terceira mais rápida do mundo, tendo registrado uma velocidade média de download de 21 Mbps, atrás apenas por Austrália, com 24,5, Mbps e da Itália, com 22,2 Mbps.

Na banda larga fixa, as prestadoras vêm superando as metas de velocidade média de conexão. As medições mais recentes divulgadas pela Anatel mostram índices de velocidade média que variaram de 75% a 104%, sendo que a maioria das medições ficou acima de 80%. Em muitas cidades já estão sendo ofertadas velocidades superiores a 100 Mbps.