Santos

Cemitérios de Guarujá passam por revitalização

A Administração encontrou uma situação caótica nos três cemitérios da Cidade: Jardim da Paz (Morrinhos), Saudade (Vila Júlia) e da Consolação (Vicente de Carvalho)

Comentar
Compartilhar
16 MAI 2018Por Da Reportagem09h18
Cemitérios de Guarujá passam por revitalizaçãoFoto: Hygor Abreu

Ao assumir a administração municipal em janeiro de 2017, o prefeito Válter Suman encontrou uma situação caótica nos três cemitérios da Cidade: Jardim da Paz (Morrinhos), Saudade (Vila Júlia) e da Consolação (Vicente de Carvalho). O contrato com a empresa que prestava os serviços de manutenção nestes locais venceu e não foi renovado pela gestão anterior, o que resultou em um cenário de abandono, com mato alto, lixo, falta de tampas nas campas, goteiras,  iluminação precária, falta de bebedouros e ventiladores.

Diante do quadro, foi aberta licitação para contratação de outra empresa para a realização dos serviços, que devido a entraves e algumas impugnações, foi concluída após um ano e quatro meses (período em que ocorreu um contrato temporário). No último dia 7, a empresa ASN Ambiental Serviços Urbanos assumiu a manutenção destes próprios municipais, disponibilizando funcionários para conservação e manutenção, como coveiros, serventes de limpeza, operadores de roçadeira e vigias noturnos para as três unidades.

Nos últimos dias de 2016, o Município teve problemas para realizar sepultamentos devido à falta de vagas e ossuários. Nesse sentido, houve a ampliação de 140 gavetas, distribuídas nos cemitérios da Consolação (Vicente de Carvalho) e Jardim da Paz (Morrinhos). Neste último foram construídos ainda 200 ossuários individuais.

Outra iniciativa foi a alteração no prazo para a exumação em gavetas, que foi reduzido de cinco para três anos, por meio da lei complementar nº 214/2017. A medida fará com que a partir de 2020, o número de exumações dobre e, consequentemente, haja um aumento no número de vagas, acabando com qualquer problema relacionado a espaço para sepultamento.

Fucem

O prefeito Válter Suman sancionou ainda a lei municipal nº 4433/2017, que cria o Fundo Municipal dos Cemitérios Públicos (Fucem), que possibilitará a total transformação a curto, médio e longo prazo, destes locais que nunca poderiam ter sido tão desprezados.

"Os três cemitérios necessitam de mão de obra fixa, por isso a importância da contratação de uma nova empresa para os serviços de manutenção. Estes locais ficaram muito tempo sem a devida atenção e o carinho que merecem todos os próprios públicos. A idéia é manter a partir de agora, o padrão adequado para que as pessoas que visitem os cemitérios, o façam com dignidade", ressaltou o diretor de Cemitérios e Serviços Funerários, José Maria dos Santos Júnior.

Outras melhorias

Ainda para este ano, já estão programados serviços de recuperação das calçadas dos cemitérios da Consolação e da Saudade e, neste último, haverá ainda ampliação e troca do piso das salas de velório, além da colocação de portões para as entradas do cemitério e velório.

Nas três unidades serão instalados bebedouros e ventiladores, além de serem adaptadas para receberem climatização. "As melhorias incluem também construção de gavetas para sepultamento e ossuários, além de restauração da iluminação. Os serviços estão a cargo da diretoria de Cemitérios e Serviços Funerários, com a colaboração de toda a Secretaria de Operações Urbanas (Seurb)", finalizou José Maria.

Colunas

Contraponto