Após pedido de prisão, defesa de Cristiano Ronaldo cita Messi e reclama de diferença

O astro português do Real Madrid teve sua prisão recomendada por evasão fiscal

Comentar
Compartilhar
27 DEZ 2017Por Agência Brasil19h30
A defesa de Ronaldo apresentou novo documento às autoridades espanholasFoto: Associated Press

De acordo com reportagem do jornal espanhol "El Mundo", Cristiano Ronaldo acusa a Agência Tributária da Espanha de tratá-lo com muito mais rigidez em comparação a Lionel Messi. O astro português do Real Madrid teve sua prisão recomendada por evasão fiscal.

A defesa de Ronaldo apresentou novo documento às autoridades espanholas compara o tratamento do português com o dado a Messi, que também foi condenado por evasão. José Antonio Choclán, advogado do jogador do Real Madrid, usa o argumento pela primeira vez no processo e acusa a Agência Tributária de "métodos claramente arbitrários e criativos".

Antes, o nome de Messi já havia sido citado durante o processo. Funcionários da Fazenda afirmaram que evasão de valores ligados a direitos de imagens é comum no círculo do empresário Jorge Mendes, que cuida da carreira de Ronaldo. O advogado do português rebateu questionando se sabiam se o citado agenciava também o argentino, e a promotoria afirmou que não sabia dizer.

A defesa de Ronaldo tenta fazer com que a questão seja resolvida de maneira administrativa, e não penal.

Colunas

Contraponto