Governo de São Paulo vai deixar de notificar IPVA por carta

A partir deste ano, o proprietário do veículo deverá consultar digitalmente os valores e os prazos de pagamento, o que poderá ser feito na página da Secretaria da Fazenda

Comentar
Compartilhar
29 DEZ 2017Por Folhapress16h01
O governo do Estado de São Paulo não vai mais enviar cartas com o aviso de vencimento do IPVAFoto: Divulgação/Fotos Públicas

O governo do Estado de São Paulo não vai mais enviar cartas com o aviso de vencimento do IPVA. A partir deste ano, o proprietário do veículo deverá consultar digitalmente os valores e os prazos de pagamento, o que poderá ser feito na página da Secretaria da Fazenda. É preciso informar Renavam e a placa do veículo para obter as informações.

Em caso de eventuais dúvidas, também serão disponibilizados canais eletrônicos de atendimento, pelo número 0800-170 110 ou no Fale Conosco do órgão.

Segundo a secretaria, a mudança elimina o risco de extravio de correspondências e "contribui com boas práticas de sustentabilidade".

"A Secretaria da Fazenda quer que o proprietário de veículos possa se informar e se programar para as datas de vencimento de imposto de uma forma simples, direta e acessível", disse a pasta, em nota.

A data de vencimento do imposto depende do número final da placa do veículo.

O imposto pode ser pago em cota única ou parcelado em três vezes. Caso o pagamento integral seja feito em janeiro, o desconto é de 3%. Se a cota única for paga em fevereiro, não haverá desconto.

Quem deixar de recolher o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic.

Passados 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto.

Colunas

Contraponto