Saúde

Litoral tem dois casos confirmados da varíola dos macacos

Casos positivos para a doença na Baixada Santista acontecem após OMS decretar estado de emergência para o vírus Monkeypox

Da Reportagem

Publicado em 25/07/2022 às 13:05

Atualizado em 25/07/2022 às 18:55

Comentar:

Compartilhe:

Baixada Santista confirma primeiros casos da doença / Udomkarn Chitkul/istock

A Baixada Santista tem os primeiros casos confirmados dea varíola dos macacos nesta segunda-feira (25). Municípes de Praia Grande e Itanhaém positivaram para o vírus Monkeypox. Os dois casos se juntam aos 590 positivos existentes no Estado de São Paulo.

O paciente de Itanhaém, segundo a Prefeitura da Cidade, está em isolamento domiciliar e não apresenta sintomas da doença. A Vigilância Epidemiológica do município acompanha o caso e aguarda resultado de exames.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

No último fim de semana, a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou estado de emergência para a varíola dos macacos, que se espalha pelo mundo. Dos 590 casos confirmados no Estado, 486 estão na Capital.

Febre e bolhas pelo corpo são os principais sintomas para identificar a doença, além de dores de cabeça e dores musculares. A transmissão ocorre através de contato entre humanos.   

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guarujá

PAT do Litoral de SP oferta mais de 150 vagas de emprego neste sábado; veja os cargos

É necessário levar a Carteira de Trabalho física ou digital, documento oficial com foto e PIS

Bertioga

Cidade do Litoral de SP tem programação esportiva de inverno; veja agenda

Município recebe diversas modalidades

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter