X

Cultura

Semam de Cubatão realiza palestras para crianças do programa 'Clubinho de Férias'

Tema das atividades foi 'Educação Ambiental' tendo como foco principal a reciclagem, suas formas e importância à natureza

Da Reportagem

Publicado em 11/01/2024 às 22:22

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Objetivo foi levar informações sobre a importância da preservação do meio ambiente, especialmente sobre a reciclagem e suas diversas maneiras de fazê-las / Divulgação/PMC/Secom

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Cubatão (Semam), por meio do ‘Departamento de Educação Ambiental’, realizou uma série de atividades em forma de palestras com as crianças do projeto “Clubinho de Férias”. A ação ocorreu na terça-feira (9) e contou com a participação de 100 crianças do programa promovido pela Polícia Militar, desenvolvido dentro do Parque Anilinas, no Centro. Segundo o referido Departamento, o objetivo foi levar informações sobre a importância da preservação do meio ambiente, especialmente sobre a reciclagem e suas diversas maneiras de fazê-las.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

As palestras, cujo tema era “Educação Ambiental”,  foram ministradas pela professora Daniela Balula Pandini, que transmitiu aos jovens várias informações sobre a importância dos  materiais recicláveis que podem ser reaproveitados, reutilizados para a confecção de brinquedos, vasos de flor, porta revistas, entre outros. A ação ocorreu em parceria com a  Cooperscar Tortuga’s Ambiental.

A diretora de Educação Ambiental da Semam, Patrícia Barbosa, conta que enxerga com muita satisfação ter presenciado o interesse das crianças em participar das palestras.  Que essas atividades com jovens no período de férias tornam o cenário mais participativo e produtivo. “Elas ficam sabendo da real importância do tema e que a reciclagem contribui para reduzir a quantidade de lixo a ser enviado aos aterros sanitários, o que poupa água e energia, e que influencia na redução da poluição e ajuda a preservar os recursos naturais’’, disse Patrícia.

A diretora acrescenta ainda que “pelo nível de interesse e envolvimento delas nas atividades, se interagindo e fazendo perguntas à palestrante, nota-se que valeu a pena em realizar a ação, e que grande parte do objetivo principal da atividade, que é conscientizar, foi cumprido. Certamente, muitas delas levarão parte do que conseguiram absorver daquilo que foi ministrado, em conversas com seus pais e/ou responsáveis, além de outros coleguinhas, passando adiante as informações que elas conheceram nas palestras. E isso é muito bom do ponto de vista da “Educação Ambiental”, expressou Patrícia Barbosa.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

Nacional

Não perca as contas: você sabe quantas vezes o cantor Fábio Jr. se casou?

A lista é bem extensa e pode confundir os fãs

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter