X

Cultura

No clima do carnaval, Chella lança remix da música "Mande notícias", de seu álbum de estreia

Versão do DJ Gus Costa dá tom mais otimista para a música, na medida certa para embalar a folia

Da Reportagem

Publicado em 02/02/2024 às 22:43

Atualizado em 05/02/2024 às 09:21

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Mande Notícias é um dos quatro singles que anteciparam o primeiro álbum da cantora / Divulgação

O músico, produtor e DJ Gus Costa costuma recomendar aos vocalistas com quem trabalha que ouçam a versão acapella de Single Ladies (Put a Ring on it). “Quando o vocal é bom, a música é boa”, crava ele, sem rodeios. É com base nessa premissa que ele afirma que foi mamão confeccionar o remix de Mande Notícias, música de Chella, que chega ao streaming no dia 2 de fevereiro (sexta-feira). “Ela não usa Auto-Tune nem Melodyne, então tentamos deixar o mais natural possível, e pela competência dela tá tudo lindo”, elogia o produtor. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Mande Notícias é um dos quatro singles que anteciparam o primeiro álbum da cantora, "Pro Tempo Parar”, lançado em outubro. Os quatro singles simbolizam quatro estações do amor, e Mande Notícias é a música que fala sobre reencontros. Chella a compôs em março, a pedido da amiga Ana Paula, como um presente para o casamento dela com Rodrigo, primo de Chella. Ana Paula lhe contou detalhes do relacionamento e a cantora escreveu com base na perspectiva da noiva, mas juntando experiências e reflexões pessoais. 

Uma delas é uma frase da personagem Tóquio no quinto episódio da quinta temporada de La casa de papel:  “Muitas pessoas acreditam que só encontramos um amor verdadeiro em nossas vidas. Mas o que elas não percebem é que podemos ter várias vidas”. Chella ficou impactada com a frase e a relacionou com a história do primo e um reencontro amoroso que ela mesma estava vivendo naquele momento. Assim surgiu a música com frases como “E se essa vida for feita de muitas?/ E se uma porta se fecha pra outra se abrir?/ E se os ventos soprarem a nosso favor/ A gente se encontra no fim”. Ela ainda aproveitou o embalo para realizar mais um exercício da Berklee College of Music, onde se formou e estudava na época, dissecando a estrutura de uma música de Sara Bairelles que inspirou a dela. 

Depois de ter lançado uma versão acústica de Deixo, primeiro single do álbum, Chella libera agora, às vésperas do carnaval, a versão remixada de Mande Notícias. A cantora chegou até o produtor Gus Costa, que atualmente mora no Cazaquistão, por indicação de sua assessora de imprensa, e pediu para ele uma versão eletrônica da música. Gus ouviu a canção e fez questão de não ouvir outras coisas da cantora, para não se influenciar pelo estilo e fazer algo totalmente original e surpreendente. “Eu e a Chella não nos identificamos muito nos estilos, porque a gente faz uma coisa completamente diferente, mas a gente combina numa coisa: a gente não gosta de se rotular”, acerta o DJ de tecno, que transformou a MPB pop de Chella num “house gostoso”, nas palavras dele. Chella definiu de maneira parecida.  

O resultado parte, de certa forma, de algumas conversas entre o produtor e a cantora, que queria algo mais “praia e sol”, ao que Gus sugeriu fazer algo “Brisa e Ibiza”.  “Eu sempre tive a ideia de fazer um remix dessa música, porque eu acho que ela tem essa energia de renovação, de ciclos se fechando e se abrindo, então era perfeita para lançar no início do ano”, conta a cantora. Não por acaso a música será lançada às vésperas do carnaval. 

Das tracks originais, Gus utilizou apenas a voz de Chella para criar a versão dele, gravando ou programando todos os demais instrumentos. Para ele, os arranjos que os outros músicos fazem a dedicação que eles entregam à faixa têm algo de sagrado, e ele não quis mexer em nada e criar tudo do zero. “Eu gosto dela como compositora, gosto muito das letras dela e das linhas vocais que ela faz. Ela tem todo esse background por ter estudado na Berklee então ela sabe muito bem o que tá fazendo na hora de compor os vocais”, reconhece o DJ. “Eu criei acordes diferentes dos originais e acrescentei uma certa tensão e distensão características da música eletrônica”, destrincha. 

A expectativa da artista é que a música embale tanto as festas quanto situações mais tranquilas, e que leve sua música para outras bolhas e surpreenda os fãs habituais. “O Gus foi muito certeiro nesse equilíbrio”, elogia a compositora. “Acho que as pessoas não estão esperando isso de mim, pelo meu background musical da Berklee, de jazz e música brasileira, a coisa mais erudita”, especula a cantora. “As pessoas tem um pouco isso, se você gosta de MPB não pode gostar de música eletrônica, de pop. Mas eu tenho esses outros lados, e eu acho legal explorar esse meu lado mais pop”, declara Chella, que cita Dua Lipa como uma uma referência para o remix, assim com Gus.  

De acordo com a percepção de Chella, a versão de Gus foi capaz de ressaltar outros aspectos do tema abordado na música e ressignificá-la, sem alterar a essência. “A versão original é mais nostálgica, é tipo, “vamos em frente, mas… bem que podia ter dado certo”. ´Já a versão do Gus ressalta muito mais a mensagem libertadora e otimista da música”, analisa a compositora. É como se o remix tivesse dado uma nova vida, um novo amor para a música, de muitos outros que ainda virão. 

Ouça "Mande Notícias (Remix)": https://distro.ffm.to/mande-noticias 

Siga a Chella nas redes sociais e apps de música:
Instagram: https://www.instagram.com/chella/ 
Youtube: https://www.youtube.com/@ChellaMusica 
TikTok: https://www.tiktok.com/@chellamusica 
Spotify: https://open.spotify.com/artist/0PfKBDzVqAXKEnTQvHvT5a?si=lU2gMboOQWCXxF0gWIdqIg

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Praia Grande tem novos pontos com radares e lombadas eletrônicas; veja onde

A velocidade máxima permitida nas lombadas eletrônicas será de 40km/h e nos radares de 60km/h

ESPORTE REGIONAL

Portuários Stadium reúne crianças e adolescentes com o ThaiKids em Santos

Evento acontece no próximo dia 27

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter