X

ESTREOU NESTA SEXTA

Kevin: Filme nacional exalta cumplicidade entre mulheres

Filme que estreou nesta quinta em cinemas do País fala como a amizade entre uma brasileira e uma ugandense sobrevive ao tempo e à distância

Bruno Hoffmann

Publicado em 03/11/2022 às 12:30

Atualizado em 03/11/2022 às 16:11

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Divulgação

A visita da brasileira Joana a uma cidade de Uganda, na região central da África, para reencontrar uma amiga que não via há quase 20 anos, é o fio condutor de Kevin, longa-metragem dirigido por Joana Oliveira, que estreou nesta quinta-feira nos cinemas de 9 capitais do País e também de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. 

As personagens se conheceram duas décadas atrás, quando estudaram juntas na Alemanha, e havia muito tempo que não se viam. A partir da visita da protagonista para rever a parceira que a trama se desenrola. É a conversa das duas que revela as histórias do passado, os desejos, os caminhos trilhados e os diferentes modos de encarar os desdobramentos da vida. Disso ressurge um elo de amor e parceria que resiste à distância e ao tempo.

A história é baseada na vida da diretora. Ela de fato conheceu uma ugandense chamada Kevin enquanto estudava na Alemanha, entre o fim da década de 1990 e começo dos anos 2000, e teve muita vontade que ela viesse ao Brasil para o seu casamento, em 2013. Só não era possível porque a antiga parceira havia acabado de ter um filho.

"Comecei a imaginar como seria sua vinda, como seria sua percepção do Brasil. Desde que nos conhecemos em 1999 em Reutlingen, na Alemanha, só tínhamos nos encontrado em um país que não era nem de uma nem de outra", relembra Joana Oliveira.

"Em janeiro de 2013 comecei a escrever o roteiro de um filme que seria mistura de documentário e ficção sobre a vinda da Kevin ao Brasil para meu casamento. Acreditava que seria uma forma de me conectar com minha amiga e de termos um projeto juntas, fazer um filme sobre nossa relação. Ela topou imediatamente e daí nasceu a ideia", completa.

A cineasta também explicou que, além de tudo, apostou no filme por Kevin ser uma pessoa extraordinária, "uma grande personagem", e que a relação entre uma brasileira e uma ugandense, com suas semelhanças e diferenças, iria interessas muita gente, especialmente as mulheres.

Nesse meio tempo, o filme demorou - como de costume no País - para conseguir financiamento e  Kevin voltou da Alemanha para a Uganda. Durante o processo, porém, Joana encontrou Luana Melgaço, que embarcou no processo e virou sócia do longa.

O filme foi bem recebido pela crítica especializada.

“Um exemplo primoroso de como fazer um documentário sobre questões
extremamente pessoais e encontrar o mundo em sua trilha", escreveu Roberta Mathias, do Apostila de Cinema.

“Joana Oliveira aproveita da ficção a capacidade de domínio do real, e do documentário, o valor da espontaneidade. O foco na ternura entre as protagonistas foge tanto à nostalgia da juventude quanto à alienação do mundo ao redor", analisou o crítico Bruno Carmelo, do Papo de Cinema,

Já para Francisco Carbone, do Cenas de Cinema, "a ideia de Joana Oliveira talvez tenha sido muito mais do que filmar o reencontro com sua amizade mais indelével, e sim repaginar sua existência com doses muito humanas de reconciliações, sobretudo consigo mesma.”

O filme está em cinemas de 9 capitais do País, e também de Ribeirão Preto. A classificação indicativa é de 10 anos. Veja, na arte abaixo, onde assistir:

Onde assistir ao filme Kelvin:

Divulgação

Ficha técnica:

Direção: Joana Oliveira

Roteiro: Joana Oliveira, Laura Barile

Produção: Luana Melgaço, Joana Oliveira

Produção Executiva: Luana Melgaço

Direção de Produção: Camila Bahia, Irene Nduta Mungai, Vanessa Santos

Fotografia: Cristina Maure

Direção de Arte: Rimenna Procópio

Som Direto e Edição de Som: Gustavo Fioravante

Montagem: Clarissa Campolina

Cor e Finalização: Lucas Campolina

Mixagem: Pedro Durães

Trilha Sonora: Thaís de Campos

Empresa Produtora: Bukaya Filmes

Coprodução: Anavilhana; Vaca Amarela Filmes

Empresa Distribuidora: Embaúba Filmes

Elenco: Joana Oliveira, Kevin Adweko

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Vai passear? Estradas têm tráfego tranquilo nos dois sentidos do SAI

Segundo boletim da Ecovias, o Sistema Anchieta-Imigrantes segue em Operação Normal 5x5 na manhã deste sábado (15)

JUNHO VIOLETA

Aumento de agressões contra idosos estimula combate ao etarismo

Agressões contra idosos tiveram aumento de quase 50 mil casos em 2023, na comparação com o ano anterior

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter