Cultura

Estado de São Paulo elege sua mais bela idosa na próxima sexta-feira

Evento em serviço da Secretaria de Estado da Saúde incentiva a autoestima e a inclusão social na terceira idade

Da Reportagem

Publicado em 13/05/2024 às 15:34

Comentar:

Compartilhe:

Evento é voltado para as mulheres com mais de 60 anos / Divulgação

O Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia “José Ermírio de Moraes” (IPGG), unidade da Secretaria de Estado de Saúde (SES), promove na próxima sexta-feira, dia 17 de maio, concurso que vai eleger a mais bela idosa de São Paulo. O evento é voltado para as mulheres com mais de 60 anos e elege as idosas nas categorias Miss IPGG 2024 (mais bela idosa de São Paulo), Miss Simpatia, Miss Beleza, Miss Sorriso, Miss Elegância e Miss Timidez. 

A cerimônia é aberta ao público e pode ser assistida presencialmente, mediante disponibilidade de vagas no local. O evento marca a retomada do concurso, que ocorreu pela última vez em 2019, antes da paralisação no período de pandemia da Covid-19.

De acordo com Francisco Souza do Carmo, coordenador do curso de Especialização Multiprofissional do IPGG, o concurso visa romper com os estereótipos sobre a terceira idade, promover a autoestima e a inserção social. “É um evento que propõe a reflexão de temas geracionais, a inclusão social em todas as fases da vida e combate ao etarismo, e contribui para a desestigmatização do envelhecimento, que é muito enraizado na nossa sociedade”, diz.  

Além disso, o evento promovido pelo Governo de São Paulo favorece a socialização e a valorização das pessoas com mais de 60 anos por meio de novas oportunidades de trabalho que poderão surgir com a visibilidade da premiação. 

Autoestima e bem-estar

Rompendo com os estigmas relacionados ao envelhecimento - sobretudo  para as mulheres, constantemente cobradas pela preservação da juventude -, Maria de Fátima Françoso, de 71 anos, mostrou que também é possível manter a autoestima após a terceira idade e foi eleita como Miss IPGG em 2019, na última edição do concurso. A mais bela idosa de São Paulo conta que já havia sido eleita em 2017 na cidade de Guarulhos e desde então passou a trabalhar numa agência de modelos, mantendo os cuidados internos e externos consigo mesma. 

Fátima avalia o concurso como um momento marcante em sua vida e conta: “Foi muito prazeroso participar. Não fui com a intenção de ganhar porque tinham muitas outras mulheres bonitas e acabou sendo um momento único onde pudemos mostrar nossa beleza e simpatia. Acredito que toda mulher pode se dar essa oportunidade, afinal, é um encontro com nós mesmas e com nossa autoestima”, afirma.

A Miss Beleza do IPGG 2019, Vera Lucia da Silva, de 69 anos, relembra com felicidade a época em que participou do concurso e afirma que sentiu-se realizada ao participar do evento. “A sensação é de conquista e realização de um sonho que tínhamos lá atrás, quando jovens, em poder desfilar. Faria tudo de novo. É um momento para levantar a autoestima”. 

Anos após o concurso, Vera faz trabalhos como modelo, é viúva e bisavó, e afirma não gostar de ficar parada em casa assistindo televisão, mas sim de celebrar a vida, se cuidar, caminhar e, principalmente, dançar nos bailes da terceira idade que frequenta na cidade de Guarulhos, onde reside. “Acredito que a autoestima da gente cura tudo. Por isso que eu não paro nunca de dançar e de cuidar de mim mesma!”, ressalta.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Litoral de SP é cenário perfeito para avistamento de baleias; veja praias e regras

Segundo o Ministério do Turismo, a prática atrai, aproximadamente, dez mil turistas por ano e movimenta cerca de R$ 3 milhões

Bertioga

Com custeio do Estado, Hospital de Bertioga atenderá todo Litoral de SP

Governador visitou as obras do novo complexo hospitalar e confirmou o compromisso do governo estadual

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter