X

Automotor

Picape mais vendida nos Estados Unidos chega ao Brasil

A Ford amplia sua oferta de picapes no Brasil com o lançamento da F-150, importada dos Estados Unidos

Luiz Humberto Monteiro Pereira - AutoMotrix

Publicado em 19/02/2023 às 08:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A picape grande da Ford chega ao Brasil em duas versões a Lariat e a Platinum / Divulgação

A Ford está disposta a acabar com a festa solitária da Ram no segmento de picapes grandes no Brasil. A marca norte-americana do Grupo Stellantis atua, por enquanto, sem concorrentes para sua linha composta pelas picapes Classic, 1500, 2500 Laramie e 3500, que ocupam uma faixa de preços entre R$ 350 mil e R$ 530 mil. Para conquistar uma fatia desse vistoso segmento conhecido como “full size”, a Ford lançou no Brasil a F-150. E o histórico da picape grande da Ford é tão forte como o próprio veículo. A Série F de picapes foi lançada há 75 anos – é de 1948 – e sua décima quarta geração, que chega agora ao Brasil, foi eleita como a picape do ano 2021 na América do Norte. Há 46 anos, a F-150 é a picape mais vendida do mercado norte-americano e, nos últimos 41 anos, lidera também o ranking geral de vendas de veículos automotivos nos Estados Unidos. Agora, a linha de picapes da Ford no Brasil começa com a intermediária Maverick (trazida do México), passa pela média Ranger (da Argentina) e é complementada pela F-150, importada dos Estados Unidos. A picape mais famosa do mundo desembarca em duas versões – a Lariat, que custa R$ 470.000, e a Platinum, que sai por R$ 490.000. As pré-vendas já foram iniciadas, com as primeiras entregas previstas para abril e maio.

Para se manter por tanto tempo na ponta no competitivo mercado norte-americano de picapes, a F-150 investe em agregar as constantes inovações tecnológicas da indústria automotiva antes das concorrentes. Na atual geração, apresentada em 2021, a maior novidade foi a inédita carroceria de liga de alumínio ultrarresistente, que permite uma redução de peso de 200 quilos em relação à convencional de aço, com reflexos no desempenho, na economia de combustível e na autonomia. Foi também a primeira picape a oferecer tecnologias semi-autônomas de auxílio ao motorista com o Ford Co-Pilot 360 Assistant, que integra controle de cruzeiro adaptativo com Stop&Go, assistente de pré-colisão com frenagem automática de emergência e detecção de pedestres, sistema de manutenção e centralização de faixas, sistema de informações de ponto cego (BLIS) com alerta de tráfego cruzado, assistência de direção evasiva, câmera em tela dividida em 360 graus, controle automático de farol alto, sistema de frenagem pós-colisão e assistência de frenagem reversa e de reboque Pro Trailer. O sistema de Iluminação 360 graus deixa às claras o entorno do veículo, totalmente ou em partes.

A F-150 tem as dimensões agigantadas típicas do segmento “full size”. São 5,88 metros de comprimento – 53 centímetros a mais que a média Ranger –, 2,09 metros de largura, 1,96 metro de altura e 3,68 metros de entre-eixos, com 23,8 centímetros de vão livre em relação ao solo. A caçamba tem 1,70 metro de comprimento e 1,52 metro de largura, com 53 centímetros de profundidade – permite levar até 1.370 litros e 728 quilos na versão Lariat ou 681 quilos na Platinum. A suspensão é independente “duble wishbone” na dianteira e com eixo rígido com feixes de molas na traseira.

A versão esportiva Lariat traz muitas superfícies em preto e a “top” Platinum agrega mais equipamentos e um visual repleto de cromados. Na dianteira, o capô é elevado e a grade encorpada é diferenciada para as duas versões – escurecida na Lariat e cromada na Platinum –, ambas ladeadas pelos mesmos faróis full-led quadráticos, com conversão dinâmica e farol alto automático. A assinatura de leds dos faróis se estende aos auxiliares de neblina instalados nos para-choques “musculosos”. Na lateral, as rodas aro 20 – pretas na Lariat e cromadas na Platinum – são calçadas com pneus Hankook 275/65 A/T, para todo tipo de terreno. Retrovisores e maçanetas são cromados na Platinum e pretos na Lariat. Os estribos pretos da Lariat são fixos, mas a Platinum oferece estribos cromados retráteis de série. Ambas trazem a inscrição “FX4” nas laterais da caçamba, próximo às lanternas. Na traseira, a tampa conta com abertura e fechamento elétrico na chave e um degrau para facilitar o acesso. As caçambas das duas versões são revestidas com o protetor emborrachado Spray-In e contam com iluminação em leds, tomada de 110 V e nichos com trava. A Platinum ostenta um grande aplique aluminizado com o nome da versão atravessando a tampa da caçamba, enquanto a Lariat traz um enorme logo “F-150” em alto relevo.

A Lariat é oferecida nas cores Preto Vesúvio, Prata Orvalho, Vermelho Zadar, Cinza Avalanche, Branco Nur e Cinza Torres. Já a Platinum acrescenta duas opções exclusivas: Azul Mônaco e Cinza Glasgow. A rede de concessionárias oferece uma ampla gama de acessórios para a F-150, incluindo capota marítima de lona, extensor de caçamba, santantônio e até uma inusitada barraca de camping, para ser instalada sobre a caçamba. O cliente tem também a possibilidade de blindagem da picape, feita pela Leandrini Blindagens. A empresa, homologada pela Ford, oferece duas opções de proteção, Lightweight e Ultra-lightweight, que preservam a garantia original do veículo.

A F-150 é movida pelo motor 5.0 V8 Coyote a gasolina de 405 cavalos a 6 mil giros e 56,7 kgfm de torque a 4.250 rpm, associado a uma transmissão automática de 10 marchas com opção de trocas manuais – o mesmo “powertrain” adotado no cupê esportivo Mustang. Como o consumo, segundo a Ford, fica em 6,3 km/l na cidade e em 8,6 km/l na estrada e a capacidade do tanque de combustível é de 136 litros, é possível rodar mais de mil quilômetros com um tanque. De acordo com a Ford, a picape faz de zero a 100 km/h em 7,1 segundos. O modelo oferece oito modos de condução: “Normal”, “Eco”, “Esportivo”, “Escorregadio”, “Neve Intensa/Areia”, “Lama/Terra”, “Rocha/Avanço Lento” e “Rebocar”, que podem ser associados às trações 4x2, 4x4 Low, 4x4 High e 4x4 automática. A capacidade de reboque é de 3.515 quilos. Além dos sistemas de assistência ao motorista do Co-Pilot 360 Assistant, a segurança é reforçada pelos oito airbags – frontais, laterais, de cortina e de joelhos para motorista e carona –, pelo ABS nas quatro rodas, pelos controles de rolagem, de estabilidade, de tração e de descida e pelo bloqueio do diferencial traseiro.

Mas não é só a Ford que se mobiliza para entrar nesse segmento de alto valor agregado e elevada lucratividade no Brasil. A linha Ram terá de encarar outros concorrentes em breve. Embora não exista confirmação por parte das marcas, já é dada como certa a vinda da Chevrolet Silverado, ainda em 2023, e a Toyota avalia a possibilidade de importar a Tundra. Assim como os modelos da Ram, ambas são produzidas nos Estados Unidos – e todas já enfrentam (e perdem) a disputa com a F-150 no imenso e cobiçado mercado norte-americano.

Experiência a bordo
Latifúndio sobre rodas

Na cabine da F-150, há muito conforto e amplos espaços para motorista e mais quatro passageiros, sensação ampliada pelo teto solar panorâmico, de série nas duas versões. Chamam a atenção os vários nichos – o que fica entre os bancos mais parece um bagageiro de tão grande. Sob o banco traseiro, há outro espaço de 55 litros (com chave) para guardar objetos. Em termos de ajustes elétricos, a F-150 esbanja – há para a altura dos pedais e para altura e profundidade do volante e bancos elétricos com dez posições para o motorista (com memória) e oito para o carona. A versão Platinum traz um inusitado oval Ford prateado no volante. No console central, a manopla de câmbio 100% retrátil permite criar uma mesa de apoio para equipamentos, como laptops.

“Roubam a cena” a bordo ainda o generoso cluster totalmente digital com tela multicolorida de 12 polegadas (com mudanças nas cores e grafismos para representar cada modo de condução) e o novo Sync 4 com tela “touchscreen” de 12 polegadas, com conectividade sem fio para Apple CarPlay e Android Auto e reconhecimento de comandos de voz – é a estreia no Brasil da nova geração do multimídia da Ford. O som Bang & Olufsen tem oito alto-falantes e amplificador na versão Lariat e 18 alto-falantes e amplificador na Platinum. Ambas as configurações da F-150 oferecem acesso por meio do aplicativo Fordpass Connect, que disponibiliza funções como fechamento e destravamento remoto, partida remota com climatização, pressão dos pneus e sistema de localização.

Ficha Técnica
Ford F-150

Motor: Coyote 5,0 litros V8 a gasolina
Potência: 405 cavalos a 6 mil rpm
Torque: 56,7 kgfm a 4.250 rpm
Transmissão: automática de 10 velocidades
Tração: integral de duas velocidades AWD com travamento mecânico 4WD. Diferencial traseiro blocante eletrônico e modos de condução selecionáveis
Carroceria: picape grande de cabine dupla com cinco lugares e quatro portas
Dimensões: comprimento de 5,88 metros de comprimento, largura de 2,43 metros (com espelhos) e 2,09 (espelhos dobrados), altura de 1,96 (até a base da antena) e entre-eixos de 3,69 metros
Peso em ordem de marcha: 2.470 quilos (Lariat) e 2.517 (Platinum)
Capacidade da caçamba: 1.370 litros
Capacidade de carga: 728 quilos (Lariat) e 681 quilos (Platinum)
Capacidade de reboque: 3.515 quilos
Tanque de combustível: 136 litros
Preços: R$ 470.000 (Lariat) e R$ 490.000 (Platinum)

Leia esta matéria também na Gazeta de S. Paulo 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Saiba quantas calorias têm os seus lanches favoritos do McDonald´s

Informações foram retiradas do próprio site da rede de fast-food

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter