X

Automotor

KTM traz duas novas motos de Enduro para o line-up nacional

KTM lança a 300 EXC Six Days e a 450 SX-F nacionalizadas para complementar line-up de Enduro e Motocross

Edmundo Dantas - AutoMotrix

Publicado em 01/10/2023 às 09:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A linha 2024 foi desenvolvida com a ajuda dos pilotos da equipe Red Bull KTM Factory / Divulgação

Fundada em 1934 por Hans Trunkenpolz na pequena cidade austríaca de Mattighofen, a KTM – sigla para Kronreif Trunkenpolz Mattighofen – é uma marca de motocicletas conhecida pelos bons resultados nas competições pelo mundo afora. Com mais de três décadas de experiência em corridas e mais de 126 títulos mundiais de Enduro no currículo, a KTM esbanja “know-how” quando se trata de enfrentar as competições mais difíceis do planeta.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

De maneira oficial no Brasil desde 2014, a marca austríaca a partir de 2019 passou a ter comercialização nacional, distribuição, marketing e pós-venda a cargo da empresa paulistana Factory KTM. Agora, lança mais dois modelos no line-up nacional: a 450 SX-F e a 300 EXC Six Days. “É o lançamento de uma geração muito esperada e nova em termos de tecnologia e motorização, em especial das motos de dois tempos, como a 300 EXC. Elas mudaram bastante.

Ter mais modelos fabricados no Brasil representa um line-up mais completo, maior disponibilidade e preços mais atrativos, além de aproximar a marca dos brasileiros”, ressalta Fábio Campos, diretor da Factory KTM. A linha KTM 2024 de Motocross e Enduro já está disponível em todas as concessionárias da marca no país. Será vendida com os preços de R$ 78.990 para a 250 EXC-F, de R$ 81.990 para a 350 EXC-F, de R$ 89.990 para a 350 EXC-F Six Days, de R$ 81.990 para a 300 EXC, de R$ 89.990 para a 300 EXC Six Days, de R$ 70.990 para a 250 SX-F e de R$ 74.990 para a 450 SX-F.

Na linha 2024, a 300 EXC produzida em Manaus (AM) recebeu a transformação mais radical até o momento: 95% de novos componentes. Com um chassi de última geração, suspensão de câmara dupla, freios Brembo e farol de leds, a nova máquina de Enduro da KTM está ainda melhor para enfrentar todos os desafios.

Líder de vendas da marca austríaca por muito tempo, a 300 EXC Six Days é um modelo de dois tempos que traz a nova tecnologia de motorização TBI, a suspensão WP de câmara dupla e um pacote de acessórios exclusivos, como seletor de mapa, ventoinha, protetor de motor, mesa de suspensão anodizada laranja, assento com design mais macio e aderente, disco de freio dianteiro flutuante e traseiro sólido e coroa trimetal.

O quadro hidroformado, cortado a laser e soldado roboticamente, forma a espinha dorsal da linha KTM Enduro 2024. Isso traz novos parâmetros de flexibilidade longitudinal e torcional para a melhora da pilotagem, capacidade de resposta, absorção de energia e estabilidade em linha reta.

Na frente, as linhas EXC e EXC-F apresentam agora um novo garfo WP XACT de cartucho duplo fechado de 48 milímetros, que incorpora um pistão de válvula intermediária, para aumentar o fluxo de óleo dentro do cartucho. Os modelos KTM 2024 têm o sistema de amortecimento progressivo PDS, atualizado e otimizado para funcionar de forma mais suave com o atual chassi, acoplado a um amortecedor WP XPLOR PDS. As suspensões permanecem totalmente ajustáveis para compressão e retorno por meio de “clikers” manuais, sem necessidade de ferramentas e de fácil ajuste de pré-carga na parte traseira. O subframe é todo novo e leve, combinando poliamida e alumínio reforçado. Todos os componentes eletrônicos estão integrados ao subframe para facilitar o acesso e melhorar a proteção.

A linha KTM Enduro 2024 se beneficia de um novo design e modelagem atualizada. Foi desenvolvida com a ajuda dos pilotos da equipe Red Bull KTM Factory para oferecer um triângulo de pilotagem aprimorado, com melhor “grip” para os joelhos, quando o piloto fica em pé na moto. Um novo design no para-lama dianteiro incorpora abas repelentes para evitar que o excesso de sujeira seja lançado contra o piloto e os radiadores. Ganha também tanques de combustível de 8,3 litros nos modelos de quatro tempos e de 8,9 litros nos de dois tempos, feitos de polietileno transparente (XPE).

Em termos de motorizações, a gama de modelos para Enduro de dois tempos introduz uma nova tecnologia de injeção eletrônica no corpo de borboleta. Chamado de TBI (Throttle Body Injection), o sistema fornece níveis ultrassuaves de entrega de energia. A palheta de torque (“reed valve”) também recebeu uma atualização de design, com novas abas do lado de fora para melhorar a vedação do duto de entrada. Um dos benefícios da nova injeção eletrônica de combustível e da Unidade de Controle do Motor (ECU) é a implementação da válvula eletrônica de escape, permitindo dois mapas de potência diferentes, selecionáveis por meio de um botão seletor de mapas. Todos os modelos de quatro tempos receberam novos motores, desenvolvidos para entregar um massivo torque em baixas rotações e um empenho de potência explosiva em altas rotações. O centro de gravidade foi aprimorado ao inclinar o motor em dois graus para trás e reposicionar o pinhão em três milímetros mais baixo. Junto com as vantagens de centralização de massa e redução de peso, o comportamento anti-squat do chassi foi atualizado e propicia a melhora na tração em inclinações extremas e na saída de curvas.

Para ampliar a linha KTM nacional de Motocross, a nova 450 SX-F integra-se ao line-up com mais de 63 cavalos de potência, apenas 102 quilos e muitos troféus na estante. Conforme a KTM, o modelo oferece uma ciclística precisa, suspensão ajustável WP, freios Brembo e tecnologia mais avançada da categoria.

Leia esta matéria também na Gazeta de S. Paulo.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado da Quina no concurso 6446, nesta terça (21)

O prêmio é de R$ 700.000,00

Cotidiano

Confira o resultado da Mega-Sena no concurso 2727, nesta terça (21)

O prêmio é de R$ 37.000.000,00

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter