X

Automotor

Conheça a Scram 411, novo modelo da Royal Enfield

Royal Enfield lança na Índia a street scrambler Scram 411 Adventure Crossover, que deve estar no Brasil até 2023

Edmundo Dantas, da AutoMotrix

Publicado em 27/03/2022 às 08:59

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Scram 411 quer ser uma motocicleta multifuncional que combina uma "pegada" autenticamente aventureira com o velho estilo scrambler / Divulgação

A indiana Royal Enfield, a marca de motocicletas mais antiga em produção contínua e que lidera mundialmente o segmento de média cilindrada, promoveu na Índia a estreia global da Scram 411 – apresentada como a primeira adventure crossover da marca. A proposta é ser uma motocicleta multifuncional que combina uma “pegada” autenticamente aventureira com o velho estilo scrambler – uma designação adotada pelas motos com visual retrô de cerca de 650 cc que competiam há 60 anos em corridas de todo terreno em pistas improvisadas. De acordo com a definição da fabricante, a nova subcategoria foi desenvolvida para enfrentar qualquer desafio, inclusive os urbanos. Inicialmente disponível nas concessionárias da Índia, a Scram 411 deve atingir gradualmente os principais mercados globais. Estará na Europa e nos países da Ásia Pacífico no meio do ano e, posteriormente, será lançada nas Américas do Norte e Latina, incluindo o Brasil.  “A maioria das motocicletas scrambler se concentra apenas na estética e na aparência. Quando começamos a trabalhar na Scram 411, estávamos determinados a criar uma motocicleta que fosse distinta em design e propósito, trazendo o melhor da capacidade de estrada irregular para a condução urbana. Com seu visual e design diferenciados, cores divertidas e proposta de pilotagem acessível, a Scram 411 é uma crossover definitiva para o ambiente urbano”, explica Mark Wells, chefe de Design da Royal Enfield.

Desenvolvida sobre a plataforma do motor LS-410 e chassi Harris Performance, a Scram 411 se propõe a combinar agilidade nas ruas da cidade e com competência em estradas irregulares. Mudanças focadas na geometria e ergonomia da pilotagem buscaram adaptá-la para o cenário urbano sem abri mão de performances instigantes em trilhas de off-road. A Scram 411 é a expressão da procura constante da Royal Enfield pela exploração e construção de motocicletas que possam ser aliadas para cada aventura. Um dos exemplos é a Himalayan – a primeira moto de aventura da Royal Enfield, lançada em 2016, com um perfil espartano, mas bastante capaz. Tornou-se um dos modelos mais vendidos da marca indiana em todo o mundo e serviu de inspiração para uma evolução mais urbana do estilo scrambler. “A versatilidade e competência globalmente elogiadas da Himalayan nos inspiraram a reimaginar a motocicleta em um contexto urbano mais jovem e moderno. A Scram 411 é a crossover para jovens que preferem uma motocicleta divertida e envolvente para andar pela cidade, porém, com um apelo robusto. Ao mudar a geometria de pilotagem para tornar a motocicleta mais à vontade nas ruas movimentadas da cidade e manter sua forte capacidade de enfrentar estradas irregulares e trilhas de terra de fim de semana, trouxemos uma subcategoria exclusiva para os consumidores. É uma nova motocicleta muito empolgante e espirituosa”, conceitua B Govindarajan, diretor-executivo da Royal Enfield.

 A Scram 411 é alimentada pelo motor monocilíndrico refrigerado a ar de 411 cc, injeção de combustível, quatro tempos, SOHC. O motor tem 24,3 cavalos de potência a 6.500 rpm e torque de 3,26 kgfm de 4 mil a 4.500 rpm. Os discos dianteiros e traseiros são combinados com ABS de duplo canal. A mudança na geometria de pilotagem vem dos pneus dianteiros de 19 polegadas. Isso combinado com os pneus traseiros de 17 polegadas são elementos-chave para trazer um manuseio ágil para a motocicleta. Os pneus multiuso garantem aderência tanto no asfalto quanto no cascalho solto.

 Com sua suspensão de longo curso, monoamortecedores e distância em relação ao solo de 20 centímetros, a Scram 411 promete passeios confortáveis para o piloto e garupa em longos trechos. A ergonomia foi elaborada para possibilitar uma posição de pilotagem imponente e confortável, seja sentado ou em pé na moto. A nova motocicleta tem um painel de instrumentos analógico digital que facilita o acesso às informações essenciais, enquanto o velocímetro, também analógico, é à moda antiga. O painel de instrumentos tem ainda medidores automático, de distância e de combustível e relógio. O sistema de navegação Tripper está disponível como opção em todas as variantes da Scram 411. Com inspirações de cores vindas da cultura hip-hop em cidades como Tóquio e Nova Délhi, a nova motocicleta foi apresentada em sete tonalidades e variante: para o Amarelo Grafite, o Vermelho Grafite e o Azul Grafite,) o tanque é em Gun Grey. Já nas cores Skyline Blue e Blazing Black, o tanque tem listras características da Royal Enfield. A variante de topo de linha vem em White Flame ou em Silver Spirit.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Vai passear? Estradas têm tráfego tranquilo nos dois sentidos do SAI

Segundo boletim da Ecovias, o Sistema Anchieta-Imigrantes segue em Operação Normal 5x5 na manhã deste sábado (15)

JUNHO VIOLETA

Aumento de agressões contra idosos estimula combate ao etarismo

Agressões contra idosos tiveram aumento de quase 50 mil casos em 2023, na comparação com o ano anterior

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter