X
Tecnologia

Só pode ser loucura: 1º avião com varanda já está nos planos de famosa companhia aérea

Divulgação/Lufthansa Technik

Jatos e outros tipos de aeronaves de uso particular podem ser customizados para atenderem às necessidades e preferências do freguês e isso não é novidade — especialmente aqueles comprados por celebridades. 

No entanto, a companhia alemã Lufthansa Technik, braço do grupo Lufthansa que transporta "meros mortais" a destinos alemães, acredita em uma nova tendência: a incorporação de características dos superiates a estes aviões.

À emissora americana CNN, o chefe de vendas de produtos VIP e de missões especiais da empresa Wieland Timm explicou que já vê uma mudança na forma de voar com este tipo de aeronave, mais parecida com as ancoragens em portos por longos períodos realizadas pelos proprietários dos iates.

Segundo ele, não é incomum hoje que este tipo de cliente resolva estender sua estadia em um aeroporto ou precise passar períodos mais prolongados dentro de um avião, o que começou a justificar a necessidade de espaços como quarto e lounge dentro das máquinas.

"Alguns dos nossos clientes já usam [este tipo de ambiente]. Os motivos são vários e têm a ver com o fato de que estas pessoas frequentemente usam seus aviões como seus escritórios e recebem clientes ali. Outros preferem pernoitar na aeronave por razões de segurança", apontou.

Este tipo de meio de transporte então se torna "uma base" e "ponto de partida para outras aventuras e explorações", de acordo com Timm. Atualmente, a companhia trabalha em um conceito de um Airbus 330 com ares de superiate, o Explorer.

Inicialmente criado em novembro de 2021, o projeto foi atualizado e apresentado em uma convenção de aviação em Genebra em maio já com sua principal inovação: um lounge de aventura. O tal espaço do Explorer é uma espécie de garagem para brinquedos caros, como motocicletas Brabus, da montadora austríaca KTM.

A ideia é que, ao desembarcar, o viajante de luxo possa já sair em sua motocicleta para explorar o destino. Há outras amenidades nada básicas também inclusas nesta proposta de aeronave: spa, sala de reuniões e um deque de lazer pensado para o relaxamento do passageiro.

Segundo Timm, este conceito pode ser incorporado a outros modelos de avião, como o Boeing 777. E a ideia tem tido bom retorno para a empresa, que já é procurada por clientes de alto perfil de investimento para implementar os confortos acima a suas máquinas. 

Ele ainda vê potencial para a adoção, em breve, por operadores de serviços de luxo, que oferecem voltas ao mundo em 14 dias por valores que, estima, estejam entre US$ 100 mil e US$ 200 mil (ou entre R$ 510 mil e R$ 1,02 milhão).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande

Caminhada da Adoção pretende mobilizar pessoas e informar sobre o tema

Evento acontecerá no dia 10 de julho, na praia do Bairro Canto do Forte, em Praia Grande

Educação

Bertioga abre matrículas para Educação de Jovens e Adultos

As aulas iniciam no segundo semestre, de segunda a sexta-feira, das 19 às 22h30

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software