Trabalhadores da Cetesb encerram campanha salarial

Os trabalhadores das unidades da Cetesb de Cubatão, Registro e Santos encerraram a campanha salarial 2009/2010 nesta semana

Comentar
Compartilhar
24 JAN 201323h48

Após diversas reuniões de negociação com o Sindicato dos Urbanitários (Sintius), a principal reivindicação da categoria foi atendida: a manutenção da garantia de emprego de 95% dos funcionários.

Nas primeiras conversas com representantes da empresa, a ideia da companhia era baixar o índice para 90%. A manutenção de 95% do efetivo dará segurança aos funcionários, que por sua função de controle ambiental, estão sujeitos à pressão das prefeituras e das empresas.

Além disso, a categoria obteve reajuste salarial de 6,05%. O mesmo aumento ocorrerá na parte fixa da gratificação de férias, que passará de R$ 540,16 para R$ 572,84. Os trabalhadores também conseguiram reajuste de 10% nos seguintes benefícios: vale-refeição, vale-alimentação, auxílio-creche e auxílio-excepcional.

O novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) manterá ainda as cláusulas de Seguro de Vida em Grupo e Acidentes Pessoais, bem como a de ausências justificadas, com a mesma redação. O item sobre o plano de carreira não constará no ACT 2009/2010.

A Cetesb antecipará o pagamento da diferença salarial referente ao mês de maio de 2009 e a diferença referente ao adiantamento quinzenal nesta sexta-feira (dia 19), com tributação na folha de julho. 

A estatal também antecipa as diferenças dos créditos relativos ao vale-alimentação e ao vale-refeição, no dia 22 deste mês e as diferenças do auxílio-creche e auxílio-excepcional, assim como as diferenças do reprocessamento da folha de maio serão efetuadas na folha de pagamento de junho de 2009.