Banner gripe

Sintrammar terá escala eletrônica a partir de dezembro

Trabalhadores por cadastramento biométrico na sede e subsedes do sindicato.

Comentar
Compartilhar
03 NOV 201212h00

Os 1.800 avulsos do Sindicato dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias e dos Arrumadores de Santos e região (Sintrammar) serão escalados eletronicamente, a partir de dezembro, em fase experimental.

Para isso, eles passarão, nos próximos 30 dias, pelo cadastramento biométrico na sede e subsedes do sindicato. No final de novembro, todos terão recebido os crachás digitalizados para habilitação na escala diária. Ela será processada por meio de leitura ótica do novo documento, em conjunto com a biometria dos dedos indicadores. 

O cadastramento consiste na coleta das impressões digitais por meio de computador e fotografia três por quatro para os chamados ‘cartões inteligentes’.
Inicialmente, o programa tem apenas as informações básicas dos movimentadores. Nas próximas etapas, haverá inserção de dados sobre cursos de qualificação profissional, exames médicos, serviços prestados, pagamentos, sanções disciplinares etc.

Desenvolvido pelo consultor portuário Nelson De Giulio, o projeto prevê ainda a informatização da requisição da mão-de-obra, que passará a ser feita pelos tomadores de serviços on-line. Cada um terá uma senha de acesso ao programa. A folha de pagamento também deixará de ser calculada manualmente.

Para o presidente do sindicato, Francisco Erivan Pereira, a medida beneficiará a categoria e os tomadores de serviços: “Estamos buscando a excelência dos nossos serviços, onde tudo será muito mais ágil, reforçando o profissionalismo que marca os movimentadores de mercadorias ao longo de décadas, quase um século”.

O sindicalista pondera que “a modernidade e a tradição se unem para aperfeiçoar os serviços prestados pelo Sintrammar”. Ele destaca que a iniciativa atende ainda a sugestões recentes do Ministério Público do Trabalho (MPT).

O cadastramento começou em Santos, na segunda-feira (29). Na próxima segunda, 5 de novembro, começará em Cubatão e Guarujá. O registro total deverá terminar em 30 de novembro. Em dezembro, começarão as primeiras escalas eletrônicas.

Colunas

Contraponto