Sindicam-Santos promove carreata em prol do Plano Renovar amanhã

O objetivo é chamar a atenção para a necessidade da renovação da frota dos caminhões de Santos ao encontro do ano do Meio Ambiente

Comentar
Compartilhar
14 JAN 201321h42

O Sindicam-Santos promoverá carreata nesta segunda-feira (18), a partir das 9 horas, pela Cidade, a fim de conscientizar caminhoneiros autônomos para a necessidade da substituição de caminhões antigos e obsoletos por frota nova.

A concentração será na Praça da Fome, no Valongo, onde será celebrada uma missa às 7h30. A mobilização conta com o apoio e a presença do presidente do Conselho de Autoridade Portuária (CAP) e secretário de Assuntos Portuários e Marítimos, Sérgio Aquino; Diocese de Santos, representada pelo Frei André, da Igreja do Valongo; a Pastoral do Menor, representada por Edmir Santos Nascimento; Núcleo (Nupec) de Pesquisa e Estudo em Chondrichthyes e a Arqueo News, ambos representados pelo Professor Doutor Manoel Gonzalez.

O objetivo do evento é extinguir a frota antiga de caminhões no Porto de Santos, que gera inúmeros problemas, que passam pelo aumento das emissões de poluentes, pelo maior número de acidentes e mais congestionamentos na Cidade. Com a tecnologia obsoleta, os veículos antigos são menos produtivos e consomem mais combustível do que os novos.

A renovação de frota é uma necessidade e requer solução urgente, com o engajamento de órgãos públicos e empresas privadas. A Confederação Nacional do Transporte (CNT) defende que o Brasil implante um plano efetivo para que esta frota antiga possa ser renovada e os caminhões sejam retirados de circulação. Com isso, a CNT desenvolveu o Plano Renovar — Plano Nacional de Renovação de Frota de Caminhões — apresentado no ano passado ao Governo Federal.