Servidores estatutários aprovam 8% de reajuste

Além do reajuste, categoria aprovou aumento de 7,5% no vale-refeição. Por outro lado, os servidores filiados ao Sindserv rejeitaram a mesma proposta

Comentar
Compartilhar
06 FEV 201511h28

Os servidores estatutários de Santos aprovaram, na noite de quarta-feira, em assembleia no Sintrasaúde, o reajuste de 8% proposto pela Prefeitura de Santos, sendo  6,5% para repor a inflação e aumento real de 1,5%, totalizando 8%. O reajuste será pago já na folha deste mês.

O acordo, após seguidas negociações, estabelece reajuste de 7,5% no vale-refeição mensal, que passa de R$ 334 para R$ 359. A cesta-básica, corrigida em 10%, vai de R$ 200 para R$ 220.

Ao final da assembleia, o presidente do sindicato, Fábio Marcelo Pimentel  mandou e-mail ao secretário municipal de gestão, Fábio Alexandre Fernandes Ferraz, comunicando-o sobre a decisão.

No documento, o sindicalista condiciona a aprovação da contraproposta à continuidade das negociações sobre as cláusulas sociais do acordo e à aplicação dos índices no pagamento de 25 de fevereiro.

Fábio Pimentel considera o resultado da campanha salarial “satisfatório. Não foi o que queríamos, mas o possível, diante das difíceis negociações com a Prefeitura”.

Fábio Pimentel, presidente do Sindicato dos Estatutários (Foto: Matheus Tagé/DL)

Sindserv

Já, os servidores filiados ao Sindserv, também se reuniram na noite de quarta para decidir sobre a mesma a proposta, que foi rejeitada pela categoria. A assembleia foi no Sindicato dos Petroleiros

Além de não aceitar os 8% de aumento, os servidores se declararam também em estado de greve. A categoria pleiteia aumento de 11,5%.

Os servidores decidiram ainda fazer uma manifestação, na próxima terça-feira, dia 10, às 18h30, na Praça Independência, no Gonzaga.