Servidores de São Vicente rejeitam proposta de 7%

Categoria está em estado de greve, quer 15% de aumento e aguarda por nova proposta

Comentar
Compartilhar
21 FEV 201503h06

Em assembleia realizada na quinta-feira, os servidores rejeitaram, por unanimidade, a proposta feita pela administração municipal, decretando estado de greve até que o prefeito analise a nova contraproposta deliberada pelos trabalhadores.

Categoria está em assembleia permanente, podendo o sindicato convocar os servidores a qualquer momento, para novas deliberações, desde que surjam novidades ou uma nova contraproposta por parte do Executivo. Na segundafeira será realizada uma nova assembleia a partir das 19h, na sede do sindicato.

O aumento proposto pela prefeitura foi de 7% nos vencimentos, abono alimentação e cesta básica, além de outros itens discutidos anteriormente como por exemplo o abono assiduidade aos professores com recurso do FUNDEB.

Já a contraproposta deliberada em votação foi de 15% de reajuste para toda a categoria. Depois da votação uma comissão formada por representantes de todos segmentos, juntamente com a diretoria do sindicato, terão a responsabilidade de negociar com a administração e organizar o movimento grevista.

O sindicato fica na Rua Visconde Tamandaré, 234 – Centro de São Vicente.

realizam nova assembleia na segunda-feira, às 19 horas (Foto: Matheus Tagé/DL)