X
Sindical e Previdência

Servidores aceitam nova proposta da prefeitura e encerram campanha salarial

A diferença entre a proposta rejeitada na terça-feira da semana passada (13) é que a segunda parcela do reajuste, de 1%, antes prevista para agosto, foi adiantada para julho

O presidente do sindicato, Fábio Pimentel, na assembleia desta quarta-feira à noite / Divulgação

Em assembleia na noite desta quarta-feira (21), o sindicato dos servidores estatutários municipais de Santos (Sindest) aceitou a nova proposta da prefeitura para renovação do acordo coletivo dos 10 mil trabalhadores da ativa e 5.600 mil aposentados.

A diferença entre a proposta rejeitada na terça-feira da semana passada (13) é que a segunda parcela do reajuste, de 1%, antes prevista para agosto, foi adiantada para julho. A primeira parcela, retroativa à data-base de fevereiro, continua em 2%.

Segundo o presidente do sindicato, Fábio Marcelo Pimentel, com a aplicação da segunda sobre a primeira, o reajuste será de 3,2%. Isso corresponde a 0,34% acima da inflação. “Fomos até onde deu. Cada avanço foi conquistado à duras penas”.

“Num momento difícil de desmobilização da categoria, causada por fatores que prefiro não ressaltar para evitar polêmicas desnecessárias e infrutíferas, avançamos no que foi possível. Espero que, em 2019, o funcionalismo esteja forte e unido”, diz o sindicalista.

Cesta

Fábio ressalta que o reajuste de 9% na cesta-básica e sua concessão, de R$ 280, aos aposentados que ganham até quatro salários mínimos, foi um dos principais pontos do acordo coletivo. Segundo ele, a medida contempla 840 aposentados que não recebiam o benefício.

Ao final da assembleia, o escriturário aposentado há cerca de 30 anos José Carlos Francisco comemorou a extensão do ganho, que antes atingia apenas os que recebiam até três salários mínimos: “Sou grato à diretoria do sindicato”.

Ele lembrou que, no início da atual gestão sindical, em 2010, apenas os aposentados com vencimento até dois salários mínimos ganhavam a cesta. Depois, passou para três e agora para quatro. “Avançamos bem e um dia todos será contemplados”.

“Fico chateado”, disse José Carlos, “porque todos os aposentados deveriam estar aqui, prestigiando essa luta. E o pessoal da ativa também. Quando os mais novos chegarem à nossa idade, saberão que o aposentado também tem direito a comer. E tem mais despesas com remédios”.

O reajuste no vale-alimentação foi de 3% e passou para R$ 435,07. Por outro lado, continuam negociações específicas sobre várias categorias, desde que agendadas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Itanhaém abre agendamento para todas as crianças de 9 a 11 anos

As imunizações iniciam já neste sábado (22), no Posto Volante de Vacinação (Secretaria de Turismo), na Rua Aécio Menucci, 281, Centro

Polícia

Suspeito de participação no assassinato de policial militar de Praia Grande é preso

Uma equipe de Patrulhamento de Ações Especiais da PM recebeu a informação de que um carro da marca Volvo, flagrado na cena do crime, estava circulando por Santo André com destino a cidade de Ribeirão Pires

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software