Santos é a cidade pioneira em festejar o Dia do Trabalho

Consta em registros sindicais que, em 1895, a cidade de Santos realizou a primeira comemoração do Dia do Trabalho no País

Comentar
Compartilhar
01 MAI 2016Por Da Reportagem10h58
Antigos trabalhadores da região lembram das festas do Dia do Trabalho realizadas na cidade e que reuniram milhares de pessoas na reivindicação de seus direitosFoto: Matheus Tagé/DL

Devido à crise financeira e ao crescente desemprego no País, as centrais sindicais não prepararam nenhuma programação festiva para comemorar o Dia do Trabalho. Hoje, sindicalistas vão participar de eventos de suas centrais na Capital Paulista.

Apesar de Santos ter ficado de fora das comemorações do Dia do Trabalho deste ano, a cidade tem uma forte história sindical e trabalhista, pois foi a pioneira na comemoração desta data, isto em 1895. Anos mais tarde, mais uma vez, Santos despontou no cenário nacional com greves históricas que paralisaram o porto e indústrias, tendo sido considerada a República Sindical do País ou a Cidade Vermelha.

Pagou caro por isso. Em 1964, no início da ditadura militar, Santos teve vários sindicatos fechados sob intervenção e líderes sindicais presos e trancafiados no navio-prisão Raul Soares. Pouca gente sabe deste histórico de luta trabalhista e sindical, inclusive que a celebração do Dia do Trabalho no Brasil têm origem em Santos.

Dia do Trabalho

O Dia do Trabalho no Brasil foi instituído em 1902, quando foi aprovado projeto de lei do deputado Sampaio Ferraz. Entretanto, a história sindical registra que a primeira comemoração no País realizou-se em Santos, na sede do Centro Socialista, ainda no século XIX, entre no ano de 1895.