Rodoviários querem reposição da inflação mais 5% de aumento real

Proposta dos trabalhadores será enviada hoje ao Sindicato patronal

Comentar
Compartilhar
06 FEV 201323h05

Reajuste de salários, conforme índice da inflação dos últimos 12 meses, mais 5% de aumento real será a principal pretensão dos rodoviários do comércio varejista da Baixada Santista. A pauta de reivindicação da categoria do setor foi aprovada em assembléia realizada ontem, na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Santos e Região.

A campanha salarial com data base em outubro abrange motoristas, operadores e ajudantes em cerca de 300 trabalhadores. Além do reajuste salarial, os rodoviários pedem a manutenção das cláusulas sociais do acordo anterior feito com o Sindicato Varejista da Baixada Santista, diária alimentação no almoço e no jantar para motoristas e ajudantes, pernoite, adicional de horas extras, auxílio funeral, vale transporte, convênio farmácia e gratificação de 1/30 avos da remuneração no Dia do Comércio, 30 de outubro.

A campanha salarial incidirá sobre os vencimentos de cerca de 700 trabalhadores da Região. De acordo com a assessoria de imprensa do sindicato, a proposta definida durante a assembleia será enviada hoje ao Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista.

Amanhã, também às 18h30, será realizada assembleia para motoristas e demais funcionários do setor sem representação na sede do sindicato. O setor abrange cerca de 1.300 rodoviários. As negociações são realizadas em audiência na Delegacia Regional do Trabalho do Ministério do Trabalho.