Metalúrgicos analisam proposta da Usiminas

Proposta patronal será discutida em assembleia na próxima 4a feira

Comentar
Compartilhar
27 JAN 201321h14

Após duas reuniões de negociação do acordo coletivo, a Usiminas enviou contraproposta ao Sindicato dos Siderúrgicos e Metalúrgicos da Baixada Santista, na tarde de ontem.

A proposta patronal de reajuste salarial, segundo o presidente do sindicato Alvemi Cardoso Alves, não atinge 6%, mas entre outros itens, consta o retorno das férias em dobro e estabilidade para os aposentados. Porém, o representante da categoria não quis adiantar mais detalhes até que a proposta seja avaliada pela diretoria do sindicato, o que ocorrerá na segunda-feira, discutida e votada em assembleia, a ser realizada na próxima quarta-feira.

O sindicato apresentou na rodada de negociações, proposta de reajuste salarial de 7,5%, férias em dobro e a manutenção dos benefícios já previstos no acordo coletivo vigente.

Nossa equipe de reportagem tentou entrar em contato com a Usiminas de Cubatão, através de sua assessoria de imprensa, no final da tarde de ontem, para obter mais informações sobre a proposta salarial, mas sem sucesso.

A assembleia convocada pelo sindicato da categoria está marcada para quarta-feira, às 18h30, na sede da entidade, localizada à Avenida Ana Costa, 55, em Santos.