SEDUC

Itanhaém deve ficar sem ônibus na segunda-feira

Passageiros deverão ficar sem os 40 ônibus da empresa Litoral Sul por conta de uma anunciada greve por tempo indeterminado

Comentar
Compartilhar
01 AGO 2019Por Da Reportagem08h00
Aproximadamente 12 mil passageiros utilizam o transporte coletivo municipal de ItanhaémFoto: Nair Bueno/DL

Os 12 mil passageiros do transporte coletivo municipal de Itanhaém deverão ficar, a partir da próxima segunda-feira (5), sem os 40 ônibus da empresa Litoral Sul por conta de uma anunciada greve por tempo indeterminado.

Segundo a direção do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, seus 130 empregados, entre motoristas, pessoal de manutenção e administrativo, decretaram greve na noite da última terça-feira (30). O aviso aos usuários e autoridades será publicado hoje.

Alunos

Também ficarão sem transporte os quatro mil alunos da rede pública de ensino, servidos por 50 veículos da viação. Desde o último dia 24 a categoria está em 'estado de greve'.

O motivo da paralisação é que a empresa não quer reajustar os salários e benefícios da categoria na data-base de maio. Ela apenas concorda em manter os direitos do atual acordo coletivo.

"Quem frequenta supermercado e feira-livre sabe que a vida não está fácil", diz o vice-presidente do Sindicato José Alberto Torres Simões 'Betinho'. "Mas, no entanto, a empresa oferece zero nos salários, como se a inflação superior a 5% no período de um ano não existisse", reclama o sindicalista, que presidiu a assembleia.

Pedidos

Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 5,07% e R$ 1,00 a mais no vale-refeição de R$ 17,00 além, é claro, da manutenção dos direitos adquiridos. "Isso é o mínimo que a empresa pode oferecer", diz Betinho.

Segundo o secretário-geral do sindicato, Eronaldo José de Oliveira 'Ferrugem', a Diretoria estará na porta da garagem da Litoral Sul na madrugada de domingo para segunda-feira. "Não arredaremos pé do local até um desfecho satisfatório do movimento", diz o sindicalista. "Montaremos barraca e ali ficaremos pelo tempo que for necessário".

Garagem

A concentração da diretoria e grevistas será diante da garagem da empresa, na Avenida Alessando Rangel Lima, 1.280, bairro Cibratel, entre a Rodovia Mário Covas e o morro da cidade.

O jurídico do Sindicato se prepara para acompanhar provável dissídio coletivo na Justiça do Trabalho. O edital de convocação da assembleia foi com base na lei de greve. A Prefeitura de Itanhaém e a empresa Litoral Sul não se manifestaram sobre o problema.