Graça é afastada definitivamente do Sindicato

Graça foi afastada de suas funções do Sindserv em deliberação de diretoria no dia 17 de fevereiro

Comentar
Compartilhar
14 MAR 201321h36

Em assembléia realizada na tarde de ontem, no Sindicato dos Metalúrgicos, 110 servidores do Sindicato dos Servidores Municipais de Santos (Sindiserv), votaram pela perda do mandato da presidente Graça Maria Costa da Silva que estava suspensa. Houve quatro abstenções e nenhum voto favorável à presidente, segundo Flávio Saraiva, um dos diretores do Sindicato.

Graça foi afastada de suas funções do Sindserv em deliberação de diretoria no dia 17 de fevereiro. Mas como só foi notificada no dia 6 de março, teve, a partir desta data, prazo de 10 dias para apresentar sua defesa. No dia 17 de março, obedecendo a alínea ‘b’ do artigo 47, a diretoria publicou edital convocando a assembléia de ontem para referendar ou não o afastamento da presidente.

Graça não compareceu à assembléia, mas enviou sua defesa por escrito. O prazo para apresentação terminou no dia 16, mas como a assembléia foi marcada para dia 25, Graça teve o prazo prolongado.

Saraiva disse que a partir de agora, a diretoria adotará os procedimentos necessários para que as atividades do Sindicato voltem à normalidade. A presidente afastada não foi localizada pela Reportagem para comentar a decisão.