Governo não vai tirar direito do trabalhador

Ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira visitou as centrais Força Sindical e UGT

Comentar
Compartilhar
26 MAI 2016Por Da Reportagem10h30
Ministro Ronaldo Nogueira se encontrou com sindicalistas de todo País na sede da Força SindicalMinistro Ronaldo Nogueira se encontrou com sindicalistas de todo País na sede da Força SindicalFoto: Divulgação

“Vim aqui para tirar a preocupação de que haveria iniciativa, por parte do governo, de retirar direitos dos trabalhadores. Isto não vai acontecer. Segundo o presidente interino Michel Temer, direito se aprimora e não se revoga”, declarou o ministro Ronaldo Nogueira, do Trabalho, aos sindicalistas de todo o País que participaram da reunião na sede da Força Sindical, em São Paulo.

A posição da Central, contrária à retirada de direitos foi enfatizada pelo presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, Paulinho. “Não terá acordo sobre idade mínima com a Força Sindical”, declarou.

O ministro disse estar aberto ao diálogo e que tem a intenção de reverter o desemprego. “O Ministério do Trabalho atuará como órgão regulador, por exemplo, na promoção de políticas públicas e na política de qualificação profissional. Nada será imposto. O trabalhador será protagonista nas ações de competência do Ministério”. Paulinho sugeriu uma atuação conjunta entre as Centrais Sindicais e o Ministério para reestruturar a Pasta.

Sindicalista Paulo Pimentel se reúne com Campos Machado

O sindicalista Paulo Pimentel, PP, presidente do Sintrasaúde se reuniu com o deputado estadual Campos Machado, presidente estadual do PTB, em São Paulo. O sindicalista fez um histórico sobre o movimento sindical na Baixada Santista e depois o assunto se voltou para a eleição municipal em Santos, quando foi cogitada a hipótese do líder sindical dos trabalhadores da saúde ser indicado para disputar, na chapa encabeçada pelo atual prefeito pré-candidato à reeleição, Paulo Alexandre Barbosa, na condição de vice-prefeito.

Essa possibilidade agradou o líder do PTB. Segundo Campos Machado, “o sindicalista Paulo Pimentel é uma liderança reconhecida em toda a Cidade de Santos e Região, sendo sério e leal a seus princípios e pode se tornar num grande e viável projeto”.