Funcionários da cursan terão reajuste salarial de 8%

Funcionários da Companhia Cubatense de Urbanização e Saneamento (Cursan) terão reajuste salarial de 8% e menos deduções no vale-café da manhã e na cesta básica

Comentar
Compartilhar
27 JAN 201320h55

Ontem, o Sindicato Regional dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação (Sindilimpeza) e a Prefeitura de Cubatão chegaram a um consenso para o acordo coletivo de trabalho 2009/2010 foi votada em assembleia.

O presidente do Sindilimpeza, Djalma Sutero da Silva, explicou que conforme a proposta aprovada os funcionários receberão o reajuste salarial em duas parcelas.

“Eles vão receber reajuste de 5,83% retroativo a 1º de maio, agora, e a complementação dos 8%, no dia 30 de novembro. Além disso ficou acordado que os funcionários que trabalham em áreas externas receberão protetores solares”.

Já as deduções dos valores da cesta básica e do vale-café da manhã serão de 1% ao mês. O valor da cesta básica é R$ 198 e o vale café da manhã é R$ 5 ao dia. “A proposta inicial da Prefeitura previa uma dedução de 10% sobre cada um e nós conseguimos manter a desconto dos funcionários em 1%”.

Ainda conforme a proposta, os trabalhadores receberão insalubridade no valor correspondente a 20% do valor de um salário mínimo. Quanto ao convênio de saúde com o plano Santa Casa, os funcionários arcarão com 50% do valor da mensalidade, o restante será coberto pela Prefeitura.

O novo acordo coletivo de trabalho tem vigência de 1ºde maio de 2009 a 30 de abril de 2010. A categoria reivindicava em princípio reajuste salarial de 12% e a inclusão do tíquete refeição no valor de R$ 13/dia. Porém, segundo Djalma, apesar de os trabalhadores ficarem sem o benefício no acordo coletivo vigente.

A inclusão do tíquete será considerada nas discussões da renovação do acordo coletivo válido a partir de 1º de maio de 2010.