Estivadores bloqueiam Avenida Perimetral em frente ao Ogmo durante protesto

A categoria quer ser ouvida pelo presidente Michel Temer (PMDB), que estará em Santos às 19 horas

Comentar
Compartilhar
02 ABR 2018Por Da Reportagem18h20
O trânsito está lento no localFoto: Paulo Villaça/DL

Paralisados desde as 7 horas da manhã desta segunda-feira (2), os estivadores e os operários de capatazia, as duas maiores categorias do porto, bloqueiam o trecho da Avenida Perimetral em frente ao Ogmo, durante protesto. O trânsito está lento no local.

A categoria quer ser ouvida pelo presidente Michel Temer (PMDB), que estará em Santos às 19 horas. Os presidentes dos dois sindicatos, Rodnei Oliveira da Silva ‘Nei’ e Claudiomiro Machado ‘Miro’, estarão diante do centro de convenções Mendes, na avenida Francisco Glicério, onde Temer é aguardado para um evento sobre questões portuárias.

Se não forem recebidos pelo presidente, os sindicalistas acionarão um protesto com carro de som e centenas de portuários defronte ao local, entre a avenida Ana Costa e o canal 2, além de prosseguir com a paralisação por tempo indeterminado.

Nei e Miro querem conversar com o presidente sobre vários problemas, principalmente os causados pela medida provisória 595-2012, que regula a exploração dos portos, direta ou indiretamente, pela união. Eles ponderam que Temer ouviu os empresários sobre o assunto.