Crédito facilitado do BNDES poderá beneficiar 6 mil na Região

Seis mil caminhoneiros da Baixada Santista e Vale do Ribeira poderão ser beneficiados com o financiamento facilitado do Programa Procaminhoneiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

Comentar
Compartilhar
30 JAN 201321h43

A mudança na linha de crédito para compra de caminhões novos e usados fixa a taxa de juro em 4,5% ao ano (válida até 31 de dezembro de 2009) e amplia o financiamento de sete para até 8 anos, incluindo veículos usados com vida útil de até 15 anos.

O Governo Federal espera um aumento nas vendas de caminhões com as novas condições de financiamento, e anunciou ontem, por meio da Agência Brasil, que as linhas de crédito já estão disponíveis nas redes bancárias credenciadas pelo BNDES.

O presidente do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (Sindicam), José Luiz Ribeiro Gonçalves, apoia a medida do Governo e ressalta para a importância da renovação da frota, por veículos mais econômicos, mas receia que haja dificuldade na adesão de agências bancárias ao Programa Procaminhoneiro.

“Os bancos oferecem financiamentos com juro mensal de cerca de 2,5% para caminhões usados e 1,99%, para novos, enquanto que o BNDES oferece taxa de juro de 4,5% ao ano, então não interessa para os bancos”.