Cesta básica fica mais barata em cinco capitais

O valor da cesta de alimentos de primeira necessidade caiu em junho em cinco das 17 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese)

Comentar
Compartilhar
11 JAN 201321h03

A Pesquisa Nacional da Cesta Básica registrou queda de preços em Goiânia (-3,23%), Aracaju (-1,84%), Vitória (-1,71%), Rio de Janeiro (-1,19%) e Brasília (-1,14%). Os maiores aumentos foram observados em Florianópolis (4,44%), Fortaleza (3,64%) e João Pessoa (3,02%).

No acumulado do ano, o valor da cesta básica registra deflação em Manaus (-0,7%) e Goiânia (-0,87%). Os aumentos mais significativos foram verificados em Florianópolis (11,88%), Fortaleza (9,87%), Porto Alegre (7,97%) e João Pessoa (6,17%). No período de 12 meses terminado em junho, os preços caíram em Salvador (-1,52%) e Aracaju (-0,5%), enquanto as maiores altas ocorreram em Fortaleza (24,2%), Florianópolis (14,62%) e Rio de Janeiro (12,6%).

O produto que mais influenciou os preços da cesta básica no mês passado foi o tomate, que registrou elevação de preço em 16 capitais com destaque para Florianópolis (35,97%), Porto Alegre (25,84%) e Curitiba (23,79%). Entre os produtos que registraram queda de preços estão o arroz, a carne, o açúcar, o óleo de soja, o feijão e a batata.