Apeoesp faz campanha pela incorporação para aposentados

Professores da rede estadual de ensino aposentados recebem o mesmo reajuste salarial dos educadores da ativa, porém não incorporam as gratificações

Comentar
Compartilhar
07 FEV 201322h27

De modo a conquistar o direito às gratificações dos inativos, a Coordenadoria do Departamento dos Aposentados da Apeoesp - subsede da Baixada Santista, segue em campanha.

“Nós estamos sem reajuste salarial há 14 anos. A política do governo do PSDB nesses anos tem sido a concessão de bônus e gratificações. Só que as gratificações não são incorporadas aos salários. Então quando você está na ativa você recebe a gratificação, mas quando se aposenta perde”, explicou a coordenadora regional do Departamento dos Aposentados da Apeoesp – subsede Baixada Santista, Célia Amado.

Célia disse que no ano passado, o Governo do Estado apresentou proposta de incorporação de duas gratificações: a Gratificação de Trabalho Educacional (GTE) e a Gratificação de Atividade do Magistério (GAM), que correspondem a 5% da remuneração, cada uma. “Mas a única que foi incorporada foi a GTE. A GTE foi dada (para os ativos) em 1998, e a GAM, em 2005”.   

Célia convida os educadores aposentados da Região a participarem da reunião para ativos e aposentados que acontecerá no Sindicato dos Metalúrgicos (Av. Ana Costa, 55) no próximo dia 26, e da assembleia, na Praça da Sé, na Capital paulista, no dia 28, a partir das 15 horas.

Os aposentados interessados em participar da assembleia podem entrar em contato com a subsede da Apeoesp da Baixada Santista até o dia 27, às 12 horas. É preciso informar nome completo, RG e telefone. O transporte é gratuito. O telefone da Apeoesp –subsede BS é 3221-3096 e 3301-2891.