Termina no dia 17 de abril vacinação contra HPV em Cubatão

Em 25 dias, foram imunizadas pouco mais de 10% (299) das 2.976 meninas de 9 a 11 anos que devem comparecer aos postos de saúde

Comentar
Compartilhar
30 MAR 201517h22

Em 25 dias de campanha de vacinação contra o HPV (vírus do papiloma humano), foram imunizadas pouco mais de 10% (299) das 2.976 meninas de 9 a 11 anos que devem comparecer aos postos até o próximo dia 17 de abril. A baixa procura preocupa a responsável pela Vigilância Epidemiológica de Cubatão, Ana Cristina Queiroz Alegria de Almeida. "Apesar da divulgação da campanha pelo Ministério da Saúde, inclusive com anúncios na tevê, ainda sentimos pouco interesse por parte da população. Mas isso não ocorre apenas em nossa cideade. Em toda a região há o mesmo problema". Em Cubatão, a campanha ocorre em nove postos fixos, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas (confira os locais abaixo).

Ana Cristina Almeida informou que os responsáveis pelas unidades de saúde vão solicitar apoio de divulgação aos professores e educadores que atuam nas escolas de cada bairro. "Como a procura está muito abaixo do esperado, queremos contar com o apoio dos professores para maior divulgação junto às pré-adolescentes e aos pais. Os agentes de saúde também reforçarão a importância da imunização, que previne contra o câncer, em suas visitas casa a casa".

Este ano, o Ministério da Saúde alterou a faixa etária, antecipando para para 9 anos a idade inicial para imunização. "Como o resultado será sentido a longo prazo, infelizmente há mães que não se sentem estimuladas a levar suas filhas para receber a vacina", comentou Ana Cristina. Há também a visão equivocada de que a vacina poderia incentivar o início da vida sexual precoce das pré-adolescentes.

A campanha ocorre em nove postos fixos, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas (Foto: PMC)

Primeira Dose

No ano passado, a campanha teve como foco adolescentes de 12 a 13 anos. Segundo a enfermeira Milena Schlichting, da Vigilância Epidemiológica, quem não tomou a vacina em 2014 e tem até 13 anos, deve procurar os postos para iniciar a imunização. "Somente há contraindicação para grávidas (que devem receber a dose após o nascimento do bebê) ou para quem tem alguma forte reação alérgica a algum componente da vacina".

Milena informou que as mulheres menores de 18 anos devem comparecer acompanhadas de um responsável e apresentar carteira de vacinação ou cédula de identidade. A segunda dose será aplicada em seis meses. A terceira e última dose deve ser recebida no prazo de cinco anos.

A vacina é aplicada no braço, intramuscular, e pode provocar dor ou inchaço de intensidade moderada. Também já houve o registro de dor de cabeça ou febre de 38 graus ou mais.

Aids

Milena ressaltou que também devem procurar os locais de vacinação as meninas, adolescentes e mulheres de 9 a 26 anos portadoras do vírus HIV. Neste caso, a segunda dose será aplicada no prazo de dois meses e a terceira em seis meses.

Confira os locais de vacinação:

1 - POSTO CENTRAL DE VACINAÇÃO (ao lado do PS Infantil)
Av. Martins Fontes, 132 - Vila Nova.

2 - UBS JARDIM 31 DE MARÇO
Rua Antonio Simões de Almeida, s/nº.

3 - UBS ÁREA 5
Rua Manoel Leal, s/nº - Jardim São Francisco.

4 - USF VILA SÃO JOSÉ
Av. Bandeirantes, s/nº.

5 - UBS JARDIM NOVA REPÚBLICA
Av. Deputado Esmeraldo Tarquínio, s/nº.

6 - UBS JARDIM CASQUEIRO
Rua Espanha, s/nº.

7 - USF JARDIM CARAGUATÁ
Rua Feud Farah, s/nº.

8 - USF VILA DOS PESCADORES
Rua Santa Júlia, s/nº.

9 - USF COTA 200
2ª Passarela da Via Anchieta, km 50, s/nº, Cota 200.