São Paulo quer vacinar 11,8 milhões de pessoas contra a gripe

A campanha nacional começa na próxima segunda-feira (4) e vai até 22 de maio, em mais de 6 mil postos nas cidades paulistas

Comentar
Compartilhar
30 ABR 201512h27

Cerca de 11,8 milhões de pessoas devem ser vacinadas contra a gripe no estado de São Paulo. A campanha nacional começa na próxima segunda-feira (4) e vai até 22 de maio, em mais de 6 mil postos nas cidades paulistas.

Devem receber a vacina idosos, indígenas, presos, funcionários do sistema prisional, pessoas com doenças crônicas, profissionais de saúde, gestantes, mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias e crianças com mais de 6 meses e menos de 5 anos de idade.

A imunização serve contra o vírus influeza, a gripe A H1N1 e os vírus influenza - A (H3N2) e B. Idosos hospitalizados e pessoas com doenças crônicas podem ser vacinados também, no período da campanha, com pneumocócica 23-valente, que protege contra a pneumonia, meningite e bacteremia, septicemia (infecção generalizada do sangue). Haverá também vacinas contra difteria e tétano.

Cerca de 11,8 milhões de pessoas devem ser vacinadas contra a gripe no estado de São Paulo (Foto: Agência Brasil)

No sábado, dia 9, Dia D, serão instalados postos de vacinação fixos e volantes, que ficarão abertos das 8h às 17h. Nos outros dias da campanha, os postos atendem de segunda a sexta-feira nesse mesmo horário.