Santos imuniza mais de 5.900 meninas contra vírus HPV

O vírus HPV é um dos principais responsáveis pelo câncer de colo de útero. Para se vacinar, basta levar o cartão de vacinação ou um documento de identificação com foto

Comentar
Compartilhar
11 ABR 201419h43

A Secretaria de Saúde de Santos, por meio do Devig (Departamento de Vigilância em Saúde), contabilizou que 5.960 meninas, entre 11 e 13 anos, foram imunizadas contra o vírus HPV (Papiloma Vírus Humano). Isso significa 80,67% da meta de vacinação.

A coordenadora do Devig, Fabiana Jorge, explica que a cobertura de 80,67% ficou dentro do objetivo. Ela afirma ainda que as vacinas continuarão disponíveis em todas as unidades básicas de saúde. "A vacinação teve a campanha para chamar a atenção sobre a importância da imunização. A partir de agora, a vacina contra o HPV passa a integrar o calendário e continuará disponível nas unidades".

O vírus HPV é um dos principais responsáveis pelo câncer de colo de útero. Para se vacinar, basta levar o cartão de vacinação ou um documento de identificação com foto. O HPV é transmitido pelo contato direto com a pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. O vírus também pode ser transmitido de mãe para filho no momento do parto.

A estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença, sendo 32% infectadas pelos subtipos 16 e 18. O HPV é o terceiro tipo mais frequente de câncer entre mulheres, atrás apenas do câncer de mama e do câncer de cólon e reto.

Mais de 5.900 meninas foram vacinadas contra vírus HPV (Foto: Divulgação)