X

Saúde

Resistência antimicrobiana está prolongando doenças em todo o mundo, diz OMS

Micróbios cada vez mais resistentes a medicamentos representam uma ameaça que pode impedir que o mundo alcance os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Agência Brasil

Publicado em 17/03/2017 às 17:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan (esq), e a vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed (dir), afirmaram que a resistência antimicrobiana já está prolongando doenças em todo o mundo / ONU

Micróbios cada vez mais resistentes a medicamentos representam uma ameaça que pode impedir que o mundo alcance os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, que devem ser implementados por todos os países até 2030, alertou ontem (16), em Nova York, a vice-secretária-geral da organização Amina Mohammed. As informações são da ONU News.

A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Magaret Chan, reforçou o alerta, afirmando que a resistência antimicrobiana já está prolongando doenças em todo o mundo. Para ela, a declaração política feita na Assembleia Geral da ONU em setembro do ano passado sobre a coordenação da luta contra a resistência antimicrobiana é um compromisso vital para ajudar a combater globalmente o problema.

Falando a jornalistas, a vice-secretária Amina Mohammed ressaltou a ameaça causada pela resistência antimicrobiana para a realização dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, especialmente o Objetivo 3: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

Segundo Amina, a "resistência antimicrobiana terá efeitos profundos na habilidade de garantir água limpa, produção sustentável de alimentos e eliminação da pobreza", principalmente em países em desenvolvimento.

Coordenação

Na oportunidade, a vice-secretária anunciou a formação de um grupo de coordenação entre diversas agências da ONU sobre a questão da resistência antimicrobiana, que ela irá co-presidir, ao lado da diretora-geral da OMS, Margaret Chan.

Chan afirmou que o grupo, nomeado pelo secretário-geral António Guterrres, começará o trabalho imediatamente. A iniciativa vai apoiar governos em todo o mundo e aconselhará sobre o "uso e abuso" de antibióticos por pessoas e gado.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade

Praia Grande oferece 50 vagas gratuitas para oficina de fotografia

Inscrições começam na próxima segunda (22), no Palácio das Artes

COPA DO BRASIL

Sorteio define mandos das semis da Copa do Brasil; veja quem decidirá em casa

É a primeira vez na história que uma competição de cunho nacional terá a decisão das semis sendo do eixo Rio-SP, com 2 de cada estado

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software