Queremos máscaras no formato de taça: vinho pode inibir infecção da covid-19, diz pesquisa

A pesquisa identificou que o tanino pode diminuir em até 90% a atividade infecciosa da covid-19 no sangue

Comentar
Compartilhar
05 FEV 2021Por Da Reportagem08h57
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pesquisadores da China Medical University, de Taiwan, publicaram um estudo que sugere que o ácido tânico, presente nos vinhos, pode inibir a infecção pela covid-19. A inusitada informação aparece no American Journal of Cancer Research de dezembro e diz que o vinho tem funções inibidoras duplas de bloqueio de serina proteases virais e celulares críticas para a infecção viral.

A pesquisa identificou que o tanino pode diminuir em até 90% a atividade infecciosa da covid-19 no sangue, controlando, assim, sua carga viral.

Ainda não é possível dizer que o tanino ajuda a combater a doença, pois outras etapas de testes começarão em breve.

Por isso, nada de sair por aí enchendo a cara de vinho, hein?!

*Com informações da CNN Brasil