PS Central de Praia Grande ganha modernas instalações

Unidade terá sala de emergência ampliada para agilizar atendimento

Comentar
Compartilhar
06 MAR 201311h23

O Pronto-Socorro Central de Praia Grande está ganhando nova sala de emergência, que será totalmente remodelada, ampliando o espaço destinado ao atendimento de urgência e emergência. O projeto prevê ainda nova estrutura voltada à equipe técnica, com posto de enfermagem em localização estratégica e conforto médico, além de sanitários. Toda a parte de infraestrutura está sendo refeita, bem como as instalações hidráulicas e elétricas, sistema de tubulação de gases e climatização do ambiente.

O PS Central encerrou 2012 com 237.196 atendimentos. Anexo ao Hospital Municipal Irmã Dulce, o PS passou a funcionar sob a administração da Fundação ABC (FUABC) em abril de 2011, e desde então já ganhou uma nova recepção e serviços que não existiam como a Ouvidoria, que funciona em sala privativa, e Serviço Social próprio.

Segundo o diretor de Enfermagem, Adilson Teixeira, a remodelação do setor não apenas permitirá melhor atendimento médico às urgências e emergências como representará um significativo avanço na própria logística. “O fluxo vai ser outro. A nova sala de emergência terá portas mais amplas e cortina de ar-condicionado, que é uma espécie de barreira que evita que o ar interno se misture ao de fora, mantendo a temperatura estável”, disse.

Pronto Socorro Central ganha modernas instalações para agilizar o atendimento, com sala de emergência ampliada e remodelada (Foto: Divulgação/ Prefeitura Municipal de Praia Grande)

A obra exigiu modificações para não interromper os serviços médicos. A sala de emergência foi provisoriamente deslocada para outro espaço, ao lado do repouso, que foi adaptado e recebeu recursos para atendimento aos pacientes graves em urgência e emergência. A entrada de ambulâncias e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) mudou para o estacionamento de funcionários da unidade, já desativado. O acesso dos pacientes graves, na parte interna, foi deslocado para um corredor alternativo. Por conta dessas alterações, a Gerência Administrativa pede compreensão por parte dos usuários até que a obra seja concluída.

Mudanças – O PS Central passou por uma complexa reestruturação desde que teve sua gestão assumida pela FUABC. A fase inicial compreendeu nova recepção e área de espera, com Ouvidoria e espaço lúdico para crianças; climatização do ambiente, com cortina de ar na porta de entrada; reparos elétricos e hidráulicos; pintura e manutenção.

Para priorizar os casos mais graves que chegam pela recepção, a unidade passou a atender pelo sistema de Acolhimento com Classificação de Risco. Após escuta e checagem dos sinais vitais, a enfermagem sinaliza aos médicos, por meio de cores, o grau de gravidade dos pacientes: vermelho para emergências (que necessitam de atendimento imediato); amarelo para urgências (o mais rápido possível); verde para consultas não urgentes (podem aguardar um tempo maior); azul para consultas de baixa complexidade (serão atendidos após os anteriores). Casos mais graves, em que há risco de complicações e morte, são atendidos primeiro. O atendimento aos pacientes que chegam à sala de emergência pelo SAMU é imediato. Os demais casos, como os ambulatoriais, precisam aguardar.

Ligada à Faculdade de Medicina do ABC, a FUABC gerencia o Hospital Municipal Irmã Dulce há mais de quatro anos e em 2012 passou a responder também pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Charles Antunes Bechara, no bairro Samambaia.