Prefeitura de São Paulo começa a vacinar quem tem 36 anos nesta quinta-feira

Capital está vacinando público com 1 ano a mais do que a Prefeitura de Santos no mesmo dia

Comentar
Compartilhar
15 JUL 2021Por Folhapress10h15
Quem pretende se vacinar deve levar um comprovante de endereço da capital paulista, que pode ser apresentado de forma física ou digitalQuem pretende se vacinar deve levar um comprovante de endereço da capital paulista, que pode ser apresentado de forma física ou digitalFoto: Divulgação/PMSV

A Prefeitura de São Paulo vai vacinar, a partir desta quinta-feira (15), a população com 36 anos. Na sexta (16), será a vez de quem tem 35 anos. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, o público estimado é de aproximadamente 304 mil pessoas no total -somadas as duas idades.

Na cidade, cerca de 600 pontos, entre UBSs, mega postos, drive thrus e farmácias, oferecem a vacina.

Quem pretende se vacinar deve levar um comprovante de endereço da capital paulista, que pode ser apresentado de forma física ou digital. Também deve mostrar um documento pessoal, de preferência um CPF ou cartão do SUS (Sistema Único de Saúde).

A prefeitura informa também que o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) ajuda a economizar o tempo na hora de se imunizar. Não é obrigatório.
Na última segunda-feira (12), o prefeito Ricardo Nunes (MDB) afirmou que aguardaria a chegada de novos lotes de vacina para anunciar o cronograma de imunização de pessoas com menos de 37, que estavam recebendo as doses na ocasião.

Embora a administração municipal recomende que a vacina seja tomada na data indicada pelas autoridades de saúde, nada impede que uma pessoa com mais de 36 anos e que tenha perdido o dia da vacinação compareça nesta quinta a um posto para ser imunizada.

Uma boa maneira para acompanhar a movimentação nos postos de vacinação e saber o melhor momento de ir até o local é usar o "filômetro", no site deolhonafila.prefeitura.sp.gov.br, criado para mostrar se a espera é grande ou não naquele momento.