Prefeita afirma que Guarujá ganhará mais 10 unidades de saúde e ampliará equipes

Guarujá está reestruturando a rede pública de saúde

Comentar
Compartilhar
11 MAI 201114h13

Hoje a prefeita Maria Antonieta de Brito afirmou que além de reestruturar as 16 Unidades Básicas de Saúde do Município também construirá mais 10 unidades. Os novos centros de saúde serão erguidos com recursos do Ministério da Saúde e do Município. As obras de três unidades já começaram. São elas, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Enseada, e duas Unidades de Saúde da Família (Usafas) do Jardim Las Palmas e Jardim Progresso.  

Segundo a prefeita, os novos centros de saúde serão transformados em Unidade de Saúde da Família, com equipes atendendo às comunidades em período integral. A prefeita disse também que as equipes de saúde serão ampliadas de 11 para 61 até o final deste ano.

Antonieta que também é vice-coordenadora estadual da Frente Nacional dos Prefeitos está em Brasília, participando da 14ª Marcha para Prefeitos, onde o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou que dobrará o repasse às equipes do Programa de Saúde da Família que cumprirem metas de qualidade do Ministério. Padilha anunciou ainda a reestruturação das unidades básicas de saúde. Segundo ele, 75% delas estão fora do padrão de qualidade definido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).