Planos de saúde com nota baixa têm 63,5% dos clientes

O Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), medido anualmente, é um dos componentes do programa de qualificação das operadoras da ANS

Comentar
Compartilhar
02 DEZ 201316h24

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou nesta segunda-feira, 2, pesquisa que mostra que 63,5% dos beneficiários de planos de saúde do País estão em operadoras que obtiveram nota igual ou superior a 0,6 no índice que vai de 0 (o pior possível) a um (o melhor). O Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), medido anualmente, é um dos componentes do programa de qualificação das operadoras da ANS. O IDSS avalia aspectos como a assistência, a situação econômico-financeira das empresas, a estrutura e a satisfação do beneficiário, num total de 33 indicadores.

A aferição começou em 2008 e tem como objetivo a melhoria do setor. De acordo com a ANS, a pesquisa mostra uma atenção maior por parte das operadoras às exigências que lhes têm sido impostas. Todos os dados estão disponíveis ao consumidor na página www.ans.gov.br. Participaram 89 operadoras de médio e grande porte (que atendem mais de 20 mil beneficiários), o que corresponde a 25% do mercado de saúde suplementar no Brasil.

A ANS divulgou uma pesquisa que mostra que 63,5% dos beneficiários de planos de saúde do País estão em operadoras que obtiveram nota igual ou superior a 0,6 no índice que vai de 0 a um (Foto: Divulgação)