Os melhores cosméticos são feitos a partir de ingredientes naturais

Desde sempre a natureza é a principal fonte para manter a vida, fornecendo desde ao alimento que necessitamos diariamente até os ingredientes que são usados na produção de cosméticos em geral

Comentar
Compartilhar
28 DEZ 201314h53

Mais e mais a indústria cosmética busca na natureza – na floresta mesmo – os ingredientes mais inusitados para conseguir formulações cada vez mais eficazes, principalmente quando o assunto é a guerra contra os radicais livres, a produção de colágeno e a hidratação da pele. O chamado “peeling amazônico” está aí e fazendo o maior sucesso nas clínicas de estética porque promovem quase que um rejuvenescimento instantâneo da pele e sem o desconforto dos peelings tradicionais. Após um peeling amazônico, feito todinho à base de ingredientes naturais, você sai da cabine prontinha para voltar ao trabalho, basta usar um bom protetor solar.

Saindo um pouco deste assunto, vale a pena a gente conhecer um pouco estes ingredientes que fazem o sucesso dos nossos cremes, géis, sabonete e loções e saber qual é a “área de atuação” de cada um deles.

Por exemplo, a arnica, empregada em loções tônicas e cremes cicatrizantes, estimula a circulação sanguínea, acabando com hematomas e manchas. O lúpulo tem ação anti-inflamatória e higienizadora, é usado em produtos para pele com cravos, espinhas e acne.

Se o assunto é combater o envelhecimento precoce da pele, o rosmarino é um excelente aliado, pois tem ação nutritiva e regeneradora dos tecidos; e tem ainda o girassol, rico em vitamina A, E e F que retarda o envelhecimento da pele.

E falando ainda de plantas e flores, a aromaterapia é realizada através de óleos naturais, extraídos de plantas e flores, aplicados sobre o corpo ou inalados.

Os especialistas no assunto garantem que os odores afetam o humor atingindo a porção do cérebro que comanda as emoções; lembrando que emoções positivas, refletem principalmente na beleza da pele do rosto.

Algumas receitas caseiras à base de flores ou frutas podem deixar seu rosto com pele sedosa e macia (Foto: GB Imagem)

Pesquisas feitas com pacientes comprovam os bons resultados das aplicações, tais como diminuição do estresse, da fadiga e do desânimo.

Uma terapia muito famosa são os “Os florais de Bach”, ou seja 37 essências de flores silvestres nativas da Floresta de Gales e estudadas pelo médico inglês Edward Bach, prometem agir diretamente sobre as emoções, equilibrando corpo e mente.

Claro que a mente estando em perfeito equilíbrio isto vai se refletir imediatamente na beleza da pele uma vez que tudo o que sentimos acaba se refletindo em nosso rosto. Todo mundo conhece o efeito de uma noite mal dormida.

A terapia com os florais de Bach é reconhecida desde 1976 pela Organização Mundial de Saúde. Veja algumas das flores estudadas pelo Dr. Bach e sua utilidade, lembrando sempre que o uso deste tipo de tratamento deve ser orientado por um especialista na área.

Para desânimo algumas das indicadas são Larch, Oak, Crab Apple, Clematis, Wild Rose, Mustard ou White Chesnud; se o seu caso for medo, pode optar por Roch Rose, Mimulus, Cherry Plum, Red Chesnut; para os momentos de indecisão, Corato, Gentlan, Wild Oat ou Hornbeam; os efeitos negativos da solidão pode ser combatidos com Water Violet ou Heather e ainda para os dias de preocupação excessiva, Chicory, Vervain, Vine ou Beech.

A frase é bastante conhecida: "beleza é um estado de espírito", isto quer dizer que, se o interior não vai bem, não adianta muito tratar o exterior. Tudo o que se passa em nossa mente reflete na pele; acne repentina, unhas quebradiças e queda de cabelo podem ser frutos do estresse, olheiras e pálpebra caída são o resultado de noites mal dormidas, na maioria das vezes por causa de problemas não resolvidos, e por aí afora. Nosso corpo funciona em conjunto. Pense nisso.