Mongaguá passa a realizar testes DST/AIDS nas USFs e unidades de pronto atendimento

os dias 10 e 16 de junho, enfermeiros e técnicos de enfermagem da UPA, PS Central e Hospital Municipal de Mongaguá, participaram da capacitação para novos executores de teste rápido para detecção do vírus HIV, Sífilis e Hepatites B e C

Comentar
Compartilhar
16 JUN 2021Por Da Reportagem15h18
A capacitação foi promovida por profissionais do Serviço de Assistência Especializada (SAE), em parceria com o programa IST/HIV/AIDS de Itanhaém.A capacitação foi promovida por profissionais do Serviço de Assistência Especializada (SAE), em parceria com o programa IST/HIV/AIDS de Itanhaém.Foto: Dyego Gonçalves/PMM

Nos dias 10 e 16 de junho, enfermeiros e técnicos de enfermagem da UPA, PS Central e Hospital Municipal de Mongaguá, participaram da capacitação para novos executores de teste rápido para detecção do vírus HIV, Sífilis e Hepatites B e C, que, em breve, será realizada nessas unidades.

A capacitação foi promovida por profissionais do Serviço de Assistência Especializada (SAE), em parceria com o programa IST/HIV/AIDS de Itanhaém. A aula foi dividida entre parte teórica e prática. "Nossos técnicos puderam executar os testes, compreender os resultados, além de praticar a revelação diagnóstica e elaboração de laudos", destacou o diretor de Saúde, Marcelo Marco.

"A descentralização da testagem é de extrema importância para ampliar o diagnóstico precoce e para o início do tratamento dessas doenças", ressaltou o diretor.