Lavar os cabelos com água muito quente faz mal

Cabelos oleosos, sem vida e quebradiços podem se agravar no inverno

Comentar
Compartilhar
25 JUN 201412h42

O inverno traz tempo frio e o ar seco, além de ser um grande inimigo da pele, inclusive é nesta estação do ano que se desencadeiam mais doenças no couro cabeludo, como caspa, coceira, eczema, seborreia e até queda dos fios, por isso os cuidados precisam ser redobrados.

Os cabelos são fundamentais para compor o visual e levantar a autoestima e essas doenças do couro cabeludo colocam em risco a saúde e a beleza dos fios, ainda mais se aliadas ao estresse também que também é um dos fatores que contribui para o agravamento da caspa, por exemplo.

Especialista em cabelos, explica que no inverno, o couro cabeludo fica menos hidratado por falta de suor e costuma descamar mais. “É fundamental hidratar o couro cabeludo, para evitar todas essas doenças relacionadas ao ressecamento dessa região. Para quem costuma alisar e colorir os cabelos, a hidratação é indispensável”, afirma.

O inverno traz tempo frio e o ar seco, além de ser um grande inimigo da pele, inclusive é nesta estação do ano que se desencadeiam mais doenças no couro cabeludo (Foto: Divulgação)

O excesso de gordura é outro problema, porque leva ao desenvolvimento de fungos e ao aparecimento da descamação, por isso Kátia Timani conta que na hora de lavar os cabelos deve-se optar pela água morna, durante o inverno. No verão, pode ser morna ou fria.

Os bonés não provocam caspa, mas contribuem para a oleosidade, devido o cabelo ficar abafado.

Segundo Kátia Timani, o couro cabeludo muito oleoso ou seco demais, agredido por fungos ou agentes externos, produtos químicos, dietas inadequadas e estresse são os grandes causadores da queda capilar. “O segredo por trás dos cabelos bonitos é justamente ter um couro cabeludo saudável, utilizando produtos naturais que repõem nutrientes”, relata a pesquisadora.