Kokimbos estimula a solidariedade e a prevenção do Câncer

No Dia Nacional de Combate ao Câncer, metade do valor das pizzas vendidas será destinada à Associação Santa Isabel de Combate ao Câncer

Comentar
Compartilhar
26 NOV 201216h35

 

Nesta terça-feira (27), no Dia Nacional de Combate ao Câncer, a Kokimbos promove uma ação para conscientizar seus clientes sobre a importância da prevenção da doença e estimular a solidariedade. 
 
Nessa data, metade do valor de todas as pizzas comercializadas pelas três unidades da pizzaria (no salão da casa, no balcão ou pelo disk) será destinada à Associação Santa Isabel de Combate ao Câncer – ASI.
 
A instituição filantrópica oferece apoio ao setor de oncologia da Santa Casa de Misericórdia de Santos. Além do suporte emocional, a Associação fornece aos pacientes e familiares, com o auxílio dos colaboradores, lanche diário no ambulatório, cestas básicas, fraldas, vale transporte, cadeira de roda, porth-a-cath (catéter), próteses mamárias, dentre outros.
 
A instituição auxilia ainda na manutenção de duas brinquedotecas que estão presentes no hospital e realiza, no decorrer do ano, com a retaguarda de seus parceiros, festas e confraternizações com o intuito de colocar a sociedade mais próxima do projeto.
 
A iniciativa está entre as ações sociais da empresa, que investe também no projeto Pizza na Creche, por meio do qual a casa promove uma tarde com comida e diversão em uma entidade beneficente.

A instituição filantrópica oferece apoio ao setor de oncologia da Santa Casa de Misericórdia de Santos (Foto: Divulgação)
 
Sobre a data
 
O Dia Nacional de Combate ao Câncer foi instituído em 1988 para ampliar o conhecimento da população sobre o tratamento e, principalmente, sobre a prevenção da doença.
 
A Portaria do Ministério da Saúde GM nº 707, de dezembro de 1988, que regulamenta as comemorações, estabelece que a data seja uma oportunidade para "evocar o importante significado histórico das entidades de combate ao câncer, de consagração aos inumeráveis e valiosos serviços prestados ao país e proporcionar importante mobilização popular quanto aos aspectos educativos e sociais na luta contra o câncer”.

Colunas

Contraponto