Intolerância e alergia à lactose: cuide da sua alimentação

As reações alérgicas podem ter raízes na predisposição genética e ser percebidas em cerca de 8% das crianças com até três anos de idade

Comentar
Compartilhar
12 MAR 201511h27

Dor abdominal, dificuldade para deglutir, irritação na boca, na garganta, nos olhos, na pele ou em qualquer outra região, além de tontura ou desmaio são alguns dos sintomas de uma alergia ou intolerância alimentar.

Em constante crescimento, segundo dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai), as reações alérgicas a alimentos estão relacionadas à produção de um tipo de substância pelo organismo, denominada anticorpos imunoglobulina E (IgE), que provoca alergias a alimentos, como leite de vaca, clara de ovo, trigo, soja e peixe, por exemplo.

As reações alérgicas podem ter raízes na predisposição genética e ser percebidas em cerca de 8% das crianças com até três anos de idade. Já entre os adultos, estima-se que a prevalência seja de 2% a 4%.

No entanto, ficar atento aos sinais que o corpo apresenta é importante para descobrir e amenizar o problema. “Estava emagrecendo rápido e tinha constantes dores abdominais e de cabeça. Então, comecei a investigar o porquê disso. Em conversa com minha mãe, ela lembrou que até os meus oito anos de idade, tive intolerância à lactose e no ano passado, o problema voltou”, conta o empresário, Brandt Patrima, 28.

Entre os adultos, estima-se que a prevalência seja de 2% a 4% (Foto: Divulgação)

O que comer?

“Evito comer alimentos que contenham traços de leite em sua composição e uso uma enzima trazida dos Estados Unidos, a Lact Aid”, relata o empresário, ao destacar que ainda tem “dificuldades para frequentar restaurantes , bares e lanchonetes, já que raramente encontro receitas que não tenham nada feito com leite”, relata.

Como os sintomas podem aparecer imediatamente ou até duas horas depois da ingestão do alimento, todo cuidado é pouco. Porém, a maior dificuldade de quem possui tais reações alérgicas é encontrar algo adequado e saboroso para ingerir.

E, para atender pessoas como Brandt Patrima e a demanda do mercado, aAlergoshop, especializada em produtos hipoalergênicos e responsáveis, comercializa alimentos sem glúten e sem lactose. Dentre os produtos vendidos estão: mistura para bolo, leite condensado, leite em pó e chocolate.