Into faz mutirão de cirurgia no quadril até quarta-feira

O objetivo é fazer 100 cirurgias e, assim, diminuir o tempo de espera desse tipo de procedimento na capital fluminense.

Comentar
Compartilhar
04 FEV 201316h42

O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), na zona portuária do Rio, fará desta segunda-feira (4) até quarta-feira (8), um mutirão para fazer 100 cirurgias de quadril e assim diminuir o tempo de espera desse tipo de procedimento na capital fluminense. Segundo o Into, são feitas anualmente cerca de 800 intervenções como essa no hospital.

Em dezembro passado, milhares de pessoas fizeram fila na porta do hospital para conseguir uma senha de atendimento. O Ministério da Saúde então mudou o esquema de marcação, que atualmente é feito nas unidades básicas de saúde.

A área ambulatorial do Into conta com 60 salas de atendimentos para todas as especialidades ortopédicas. São feitas cerca de 300 mil consultas por ano, segundo o instituto. De janeiro a novembro passado, foram feitas quase 7 mil cirurgias no Into (22%) a mais em comparação com o mesmo período de 2011 e 180 mil consultas (74% a mais que em 2010).

Com o objetivo de diminuir o tempo de espera de centenas de pacientes com problemas no quadril, o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), iniciou o primeiro mutirão de cirurgias no novo prédio, inaugurado há cerca de um ano na zona portuária do Rio (Foto: Tânia Rêgo/ ABr)