Hospital particular de Santos terá que indenizar família por erro que resultou na morte de paciente

Fato ocorreu em fevereiro de 2019 no hospital São Lucas

Comentar
Compartilhar
12 SET 2020Por Da Reportagem09h02
Rodrigo Nicolau Souza Ribeiro dos Santos, de 41 anos.Foto: Arquivo Pessoal

O hospital São Lucas, de Santos, foi condenado pela justiça a pagar uma indenização de R$ 200 mil à família de Rodrigo Nicolau Souza Ribeiro dos Santos, de 41 anos. Ele ficou internado na unidade em 2019 após sofrer um infarto. Cerca de uma hora após ter recebido alta, faleceu. A justiça determinou a condenação após uma perícia constatar que o homem recebeu apenas metade da dose de medicamentos recomendada.

Segundo apurado pela Reportagem Rodrigo ficou cerca de seis dias internado no hospital (entre o final de janeiro e começo de fevereiro de 2019). Ele havia sofrido um infarto. Porém, cerca de uma hora após receber alta, veio a falecer, o que fez com que seus familiares solicitassem o prontuário médico. Uma perícia constatou que as doses de medicamentos utilizadas no homem foram inferiores às recomendações.

A justiça, então, decidiu cravar uma indenização à família em R$ 200 mil, além de estabelecer o pagamento de uma pensão à esposa até a data em que ele completaria 65 anos e outra pensão ao filho, até este completar 24 anos. Cabe recurso.

A Reportagem tentou contato com a direção do São Lucas na manhã deste sábado (12), mas sem sucesso. E o espaço segue aberto para a manifestação do hospital.