Guarujá contará com procedimento cardiológico inédito na rede municipal de saúde

Máquina de hemodinâmica permitirá realização de cateterismo e angioplastia via SUS

Comentar
Compartilhar
27 JAN 2021Por Da Reportagem13h50
Pacientes que necessitarem do exame não precisarão mais aguardar em lista do Estado e se deslocar para outros municípiosFoto: DIVULGAÇÃO/PMG

Guarujá assina nesta quarta-feira (27) um convênio para a realização de cateterismo e angioplastia coronariana no Hospital Santo Amaro (Rua Quinto Bertoldi, 40 – Vila Maia). A contratualização garantirá maior agilidade aos pacientes da rede pública municipal que necessitem fazer o procedimento. A iniciativa é inédita no Município.

Até então todos eram incluídos em uma fila do Governo do Estado, com tempo de espera que podia chegar a 30 dias, além do deslocamento necessário para outros municípios. Hoje há pouco mais de 100 pessoas aguardando esse atendimento na Cidade.

A viabilização do serviço era uma demanda antiga do Município e do próprio HSA. E, para colocá-lo em funcionamento, além da aquisição do equipamento, foram necessárias adequações para a montagem do complexo de radiologia intervencionista, onde está instalado.

"Um sonho antigo que está sendo realizado agora. É um procedimento fundamental para preservar mais vidas. Com ele será possível detectar mais rapidamente uma doença cardiovascular e, se necessário, ofertar solução imediata para a desobstrução de uma artéria coronariana, que se permanecesse dessa forma, poderia levar o paciente à morte", coloca o prefeito de Guarujá, Válter Suman.

 

Exame que salva vidas

O cateterismo é um exame fundamental para detectar anomalias nas artérias coronárias e no músculo cardíaco. Costuma ser solicitado para pacientes com histórico de doenças ou que já as estejam desenvolvendo. A partir dele é possível indicar um tratamento correto e, conforme o problema encontrado, corrigi-lo ali mesmo, por meio da angioplastia com o auxílio de stent coronariano. Com isso, é possível prolongar a vida do paciente de forma consistente, aliado ao uso de medicações.

Antes de entrar em operação, o maquinário passou por testes iniciados em novembro do ano passado.