Governo repassa R$ 173 milhões para combate à dengue

Ministério da Saúde vai repassar R$ 173, milhões para municípios brasileiros investirem no combate à dengue.

Comentar
Compartilhar
08 JAN 201317h45

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (8) que vai repassar R$ 173,2 milhões para todos os municípios brasileiros investirem no combate à dengue. Serão R$ 143,6 milhões repassados para as secretarias municipais e R$ 29,7 milhões para as secretarias de saúde estaduais.

O dinheiro deve ser investido em qualificação das ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença, e será distribuído segundo critérios como população e situação da região.

Os municípios, em contrapartida, vão precisar cumprir metas determinadas pelo Ministério da Saúde, como disponibilizar número adequado de agentes de controle de endemias, garantir cobertura das visitas domiciliares pelos agentes, adotar mecanismos para a melhoria do trabalho de campo, fazer o Levantamento Rápido de Infestação por Aedes Aegypti (Liraa) com ampla divulgação nos veículos de comunicação locais e notificar casos graves suspeitos de dengue.

Nos municípios há uma equipe, ligada à prefeitura, que verifica nas casas se há recipientes com água parada. (Foto: Divulgação)

De acordo com o Ministério da Saúde, foi registrada no Brasil uma redução de cerca de 77% nos casos graves de dengue na comparação de 2010 com 2012. No ano passado, até 22 de dezembro, foram registrados 3.965 casos graves em todo o país, contra 17.475 no mesmo período de 2010. O número de mortes também caiu. Em 2012, 283 pessoas morreram vítimas da dengue, enquanto em 2010 foram 656, uma redução 57%.

O estado que apresentou maior redução de casos graves, neste período de dois anos, foi Roraima, com queda de 99%, seguido por São Paulo (97%), Rondônia (96%), Acre, Minas Gerais (95%), Mato Grosso do Sul e Amazonas (94%). Neste mesmo período, quatro estados tiveram aumento no número de casos graves de dengue: Paraíba (36%), Amapá (27%), Sergipe (2%) e Rio Grande do Norte (1%).